12/07/2024

V.tal lança serviço de conectividade para operadoras e provedoras de Internet

De acordo com a rede neutra, FTTOffice é uma solução desenvolvida para empresas como bancos, redes varejistas e órgãos públicos.

Ampliando seu portfólio de produtos para o mercado corporativo, a V.tal lançou um novo serviço de conectividade em fibra óptica direcionado para as operadoras e provedoras de Internet. O Fiber To The Office (FTTOffice) é uma solução desenvolvida para empresas como bancos, redes varejistas e órgãos públicos que compram conectividade das operadoras ou dos provedores com objetivo de acessar a internet, assim como formar redes SD-WAN, utilizar acesso remoto e câmeras de segurança.

De acordo com a empresa de rede neutra, o FTTOffice disponibiliza velocidades de até 1Gbps, endereço de IP fixo, SLA corporativo especial e custo mensal determinado independente da utilização, além de conexão direta com principais provedores de conteúdo direta com principais provedores de conteúdo, proporcionando acesso de alto valor para os clientes.

Felipe Campos, Vice-Presidente de Atacado da V.tal, afirma que “Apresentamos um produto complementar a outras soluções que já oferecemos, para que as operadoras e os provedores de internet atendam principalmente empresas com sede em centros urbanos e com diversos pontos e filiais em diferentes localidades. Estamos falando de redes varejistas, bancos, além de órgãos públicos, entre outros“.

O novo serviço está disponível para cerca de 300 cidades, espalhadas por todas as regiões do país, onde a V.tal tem a rede GPON (Rede Óptica V.tal).

“O FTTOffice é definitivamente uma solução voltada para operadoras e provedores que necessitam de uma rede robusta, eficiente, confiável e de alta capilaridade e qualidade com preço competitivo no mercado, além de oferecer redundância”, explicou Campos.

A solução foi apresentada na Futurecom 2023, evento realizado em São Paulo na semana passada. A V.tal também informou que chegou a mais de 21 milhões de casas passadas, disponíveis para o provimento de FTTH (Fiber To The Home), além de contar com 26 mil quilômetros de cabos submarinos que eram da antiga Globenet, ligando o Brasil a Argentina, Chile, Venezuela, Colômbia, Bermudas e Estados Unidos. Além disso, conta também o parque de data centers no Brasil e Colômbia.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários