21/02/2024

Ameaça às operadoras? Starlink lançará serviço de telefonia móvel via satélite

Empresa pretende oferecer serviço de internet móvel via satélite para os aparelhos compatíveis com a tecnologia LTE de comunicação sem fio.

Não é nenhuma novidade que a Spacex, através do serviço de internet via satélite da Starlink, está se preparando para fornecer serviço de telefonia móvel diretamente aos celulares, sem depender de antenas ou roteadores extras. Visando promover a ideia, a empresa lançou um novo site para o futuro o “Starlink Direct to Cell“, nomenclatura dada ao projeto.

O que a empresa pretende é oferecer serviço de internet móvel via satélite para os aparelhos compatíveis com a tecnologia LTE de comunicação sem fio (também conhecida como 4G, no Brasil). Em agosto de 2022, a Starlink anunciou uma aliança com a operadora T-Mobile, dos Estados Unidos, mas desde então, as empresas não têm comentado o assunto. Agora, com o site, parece que a Starlink Direct to Cell deve começar a operar nos próximos meses. Ou seja, em 2024.

Entretanto, nesse primeiro momento, o serviço será limitado a mensagens de texto, sendo que somente em 2025, poderá see adicionado recursos de voz e de dados, além de suporte a aparelhos IoT (equipamentos capazes de se comunicar entre si). A ideia, segundo proposta de todas as empresas que apostam na conectividade via satélite em smartphones, é garantir conexão móvel direcionado o aparelho para o deu, de modo a captar o sinal do satélite mais próximo daquela região.

A internet via satélite tem sido usada como opção para localidade em que as operadoras de telefonia móvel tradicionais não chegam. Ou seja, áreas remotas e afastadas. Seguindo essa lógica, o projeto da Starlink é limitado, uma vez que é impossível se conectar a um satélite caso o smartphone esteja dentro de algum ambiente coberto.

Além disso, ainda a questão da lentidão que os especialistas atuais têm mostrado. As velocidades estimadas do “Direct to Cell” são relativamente lentas em comparação com os padrões terrestres, variando entre dois e quatro megabits por segundo, sua vantagem se aplica na ampla cobertura.

Não informação de possíveis valores que devem ser cobrados pelos serviços. A internet de alta velocidade da Starlink está disponível no Brasil custam R$ 236 (plano Standard) ou R$ 838 (plano Priority), além de ser necessário pagar R$ 2.000 pelos equipamentos da empresa.

“O Direct to Cell funciona com telefones LTE existentes onde quer que você possa ver o céu. Nenhuma alteração no hardware, firmware ou aplicativos especiais é necessária, fornecendo acesso contínuo a texto, voz e dados”, reforça o site da SpaceX.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários