24/02/2024

Meta deve pagar indenização por causa de WhatsApp clonado

Aplicativo mensageiro da Meta, o WhatsApp, de um usuário foi fraudado. Por isso ele achou que deveria processar a empresa.

A Meta, empresa dona do Facebook, WhatsApp e Instagram, deve indenizar um usuário dos seus produtos por causa de uma conta de WhatsApp fraudada. 

WhatsApp

A Segunda Turma Recursal dos Juizados Especiais do Distrito Federal decidiu de forma unânime condenar a Meta ao pagamento de uma indenização. A empresa foi obrigada a pagar ao autor a quantia de R$ 1,5 mil a título de danos morais.

Conforme afirmado pelo autor, houve alegação de fraude em sua conta do aplicativo de mensagens, na qual os golpistas enviaram mensagens em seu nome por todo o Brasil. Os estelionatários, munidos dos dados pessoais, ofereciam cartões de crédito a várias pessoas com o intuito de obter vantagens ilícitas, prejudicando assim a imagem e reputação do autor.

Ao analisar o recurso, a Turma reconheceu que não houve culpa concorrente ou exclusiva por parte do consumidor. Segundo o relator, foi constatada a falha na prestação dos serviços, visto que a empresa demonstrou fragilidade em sua segurança, permitindo a ação de terceiros que utilizaram o aplicativo vinculado ao número de telefone do autor para enviar mensagens falsas em massa para números em todo o Brasil.

“restou configurada a falha na prestação dos serviços, uma vez que constatada a fragilidade da segurança da empresa que, no caso, possibilitou a ação de terceiro que utilizou o aplicativo vinculado ao número telefônico da parte autora para enviar mensagens falsas em massa para números de todo o Brasil (…)”, disse o relator do processo contra a Meta.

Por fim, o colegiado considerou que o homem utilizava o celular para trabalho, e a inutilização do aparelho reforçou a incidência de danos morais. 

Segundo o relator, a fraude operada causou indignação e angústia, que vão além dos meros aborrecimentos do cotidiano, especialmente devido ao descuido com os dados da parte autora, cujo sigilo violado também lhe causou prejuízos à imagem e honra.

“A fraude operada acarreta indignação e angústia que fogem aos meros aborrecimentos do cotidiano, sobretudo diante do descuido com os dados da parte autora, cujo sigilo violado causou-lhe também prejuízos à sua imagem e honra”.

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários