14/07/2024

Mercadante quer destinar R$ 1 bi do Fust para conectar escolas e favelas

Presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, prepara proposta para reservar recursos do fundo para projetos de conectividade.

Levar conexão de internet para as escolas e as favelas está nos planos do governo Luiz Inácio Lula da Silva. Acontece que o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante quer destinar R$ 1 bilhão dos recursos do Fust (Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações) para projetos de conectividade nas escolas e favelas. O executivo pediu que fosse estruturada nas próximas semanas uma proposta para tal ideia.

O esperado é que Aloizio Mercadante apresente a proposta na ocasião dos cem dias do governo Lula. Também há um montante de R$ 200 milhões de investimentos não reembolsáveis.

A proposta do presidente do BNDES retoma sua iniciativa antiga passagem pelo Senado, quando apresentou um projeto de lei para que fosse obrigatório a aplicação de 75% dos recursos do Fust fossem direcionados para a inclusão digital. Sua meta era conectar com banda larga todas as escolas públicas do país, além de disponibilizar um computador para cada dez alunos por turno. Sua expectativa era cumprir o plano em cinco anos.

Plano de Inclusão Digital

A Inclusão Digital também faz parte dos planos do ministro das Comunicações Juscelino Filho. O executivo discutiu o assunto em Congresso no Maranhão nesta segunda-feira,13, e disse que o Governo Federal vem estruturando um Plano Nacional para atingir o objetivo de levar conectividade para comunidades mais afastadas.

Ele ressaltou a importância do Plano Nacional de Inclusão Digital, que ainda está em fase de elaboração pelo Ministério das Comunicações (MCom), além da necessidade de ampliar a conectividade em comunidades que ainda não tiveram acesso à tecnologia. Além disso, ainda reafirmou o comprometimento do governo atual para promover a inclusão digital em todo o país.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários