22/02/2024

Tim Cook, presidente da Apple vai receber um salário menor em 2023

Presidente da Apple, Tim Cook, deve ter o ano de 2023 com mais desafios pois o seu salários será baseado nos rendimentos da empresa.

O presidente da Apple, Tim Cook, terá o salário reduzido em 2023. Isso porque agora a remuneração do CEO vai depender mais da performance de ações em relação aos seus concorrentes diretos durante o decorrer do ano. 

Carteira de Tim Cook

O salário de Tim Cook em 2022 foi 99,4 milhões de dólares, um pouco mais alto que em 2021, onde ele somou 98,7 milhões durante o ano. 

A remuneração de TIM Cook estará flexível ao desempenho da Apple no mercado de ações

Para esse ano, a meta de remuneração do CEO da Apple foi fixada em 49 milhões de dólares. Isso representa uma queda de 40% em relação ao ano passado. A empresa fez mudanças depois que 64% dos acionistas aprovaram o pacote salarial de Tim abaixo dos 94,9% de 2022. 

Para o ano fiscal de 2022 a Apple deu ao executivo 75 milhões de dólares em prêmios de ações. Isso representa metade dos quais ele deveria ganhar tendo em base o desempenho das ações. 

Já para o ano fiscal de 2023 a meta do prêmio de ações de Tim Cook foi diminuída para 40 milhões, sendo 30 milhões dependentes totalmente do bom desempenho da empresa no mercado de ações, em relação aos seus concorrentes. 

O CEO ainda pode alcançar mais de 60 milhões só em premiações

Caso a Apple atinja os limites de desempenho, os 30 milhões de prêmios podem ser dobrados. Ou seja, o executivo ainda pode receber pelo menos 60 milhões de dólares caso a empresa ultrapasse as metas das ações. 

Embora o retorno financeiro de todos os acionistas esteja diretamente ligado com o bom desempenho da Apple no mercado de ações, o maior afetado com as mudanças foi Tim Cook. Só ele teve uma transformação desse porte no salário, um corte de quase metade do que ele estava habituado.

ViaUol
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários