24/02/2024

WhatsApp pago: você usaria? Essa novidade está próxima, diz site

A atualização do mensageiro com a opção do WhatsApp Premium é uma ideia antiga, mas, segundo rumores, será realidade em breve.

O WhatsApp Premium está chegando como atualização do aplicativo, segundo rumores antigos que foram reforçados com novas informações veiculadas pelo WabetaInfo. Esse site costuma “prever” novidades do mensageiro. 

WhatsApp

Segundo o site, o recurso será para as contas comerciais, a princípio. Quem usa a versão beta do WhatsApp Business, tanto no sistema Android, quanto no IOS, pode ter acesso à novidade nas próximas semanas. 

Para quem faz parte desse nicho e quer saber como descobrir se a nova função chegou, basta ficar atento nas configurações do aplicativo. Quando atualizar vai aparecer uma seção com o nome “WhatsApp Premium”. 

Como vai funcionar o WhatsApp Premium e quais serão os valores

Por enquanto, sabe-se de duas novidades: facilidade para conectar até 10 aparelhos em uma mesma conta. Assim o usuário terá mais facilidade para gerenciar as mensagens que precisam ser enviadas. 

E a outra novidade é um link comercial curto e exclusivo. Assim o usuário pode divulgar sua conta para seu cliente e ele vai conseguir acessar uma página da empresa e ter acesso a outras opções, como por exemplo o atendimento por mensagens. Esse link poderá ser mudado a cada três meses.

Até então não há nenhum rumor sobre os valores pretendidos, mas sabe-se que a taxa de assinatura vai variar de país para país. 

Outros produtos Meta devem ser monetizados também 

O WhatsApp é o aplicativo mensageiro do grupo Meta. Essa empresa também comanda o Facebook e o Instagram e segundo o site The Verge, a empresa já está estudando a implementação de serviços pagos nas plataformas já tem algum tempo. 

Essa é uma tendência forte e atual em outras redes sociais. Telegram, Twitter e Snapchat já fazem a oferta de um espaço pago reservado para seus usuários. 

Talvez essa seja uma nova aposta da Meta para os seus produtos, já que eles têm tido queda de popularidade, principalmente o Facebook, nos últimos anos. Mas, ainda não há uma informação oficial da empresa para esses dados.

ViaUol
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários