23/05/2022

Conheça o recurso do sistema operacional Xiaomi que protege aplicativos bancários

35% dos brasileiros já tiveram o celular furtado ou roubado.

A insegurança de sair com o smartphone nas ruas das metrópoles brasileiras tem levado o público a buscar um dispositivo secundário para deixar em casa. Isso se deve ao medo de ter o smartphone furtado ou roubado, geralmente contendo informações importantes como contas bancárias, conversas, fotos e dados de cartões.

xiaomi
Foto: Reprodução Internet

De acordo com levantamento realizado em 2021 pela Mobile Time/Opinion Box, consultoria em telecomunicação, 35% dos brasileiros já tiveram o celular furtado ou roubado.

Pensando sempre em oferecer mais praticidade e segurança aos seus usuários, a Xiaomi, terceira maior fabricante de smartphones do mundo, destaca funcionalidade exclusiva da sua interface, a MIUI 13.

Um dos grandes destaques do sistema operacional é o recurso de segurança. Através dele é possível proteger e inclusive esconder 100% aplicativos que desejar, como os bancários, de documentos entre outros, sendo acessados apenas via uma senha diferente da senha de abertura do celular ou outra biometria.

Como funciona? 

O passo a passo é simples. Nas configurações do smartphone Xiaomi, selecione o item “Apps”, após a abertura da tela selecione a opção “Bloqueio de Apps”, logo após selecione a opção “Apps Ocultos”, após abrir a lista o usuário pode escolher quais aplicativos serão protegidos. A partir de então, o acesso só é permitido por meio de senha e movimentação específica do usuário, que poderá armazenar quantos aplicativos desejar.

Além da segurança proporcionada pela praticidade encontrada na interface exclusiva da Xiaomi, os usuários continuam com a facilidade de ter em mãos o aparelho para fazer transações ou pagamentos de última hora e de economizar evitando a compra do segundo smartphone. A MIUI 13 também permite dois WhatsApps simultâneos, Scanner Profissional, Expansão de Memória RAM, entre outros recursos disponíveis.

“Não queremos gerar fluxo de venda de smartphones para ser apenas o aparelho do PIX. Nosso objetivo é levar uma experiência única, de qualidade, tornando as rotinas dos consumidores mais inteligentes e práticas por meio da oferta de soluções inovadoras. Pudemos acompanhar esse movimento de procura por um segundo smartphone desde o fim do ano passado e notamos como era importante ressaltarmos esse recurso, que está disponível em todos os celulares Xiaomi lançados nos últimos anos”, afirma Luciano Barbosa, Head do projeto Xiaomi no Brasil.

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.

3 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários