23/05/2022

Pela segunda vez, Oi adia divulgação de resultados do quarto trimestre de 2021

Dados preliminares já divulgados mostraram piora da operação.

A Oi adiou pela segunda vez a apresentação de seus resultados referentes ao quarto trimestre de 2021. Agora, a divulgação oficial serpa no dia 4 de maio. Inicialmente, os resultados deveriam ter sido apresentados no dia 29 de março, mas foram adiados para 27 de abril.

oi-cancelmento-registro-sec
Foto: Reprodução Internet

Da primeira vez que anunciou o adiamento, a empresa afirmou que o motivo é continuar trabalhando separação dos ativos, incluindo as demonstrações da própria unidade produtiva isolada (UPI) da Oi Móvel, além das três sociedades de propósito específico (SPEs) que a compõem – Cozani, Garliava e Jonava RJ, que serão incorporadas por, respectivamente, TIMVivo e Claro.

No comunicado, a Oi disse ainda que os impactos da venda do controle da InfraCo nos trabalhos também adicionaram complexidade que levaram a empresa a decidir pelo adiamento.

Nesta terça-feira (26), a empresa voltou a afirmar que precisa de mais tempo para solucionar essas questões, que seguem pendentes. 

Em um comunicado oficial, a Oi disse: “Em virtude a complexidade dos trabalhos de segregação de ativos nas três SPEs que integram a UPI Ativos Móveis, incluindo a necessidade de elaboração de suas demonstrações financeiras, na data base de fevereiro de 2022; a necessidade de obtenção de pareceres dos auditores independentes para as demonstrações financeiras das três SPEs que integram a UPI Ativos Móveis; bem como os impactos da venda da UPI Ativos Móveis e da venda do controle da UPI InfraCo nos trabalhos de elaboração das demonstrações financeiras da Companhia, e, consequentemente, no parecer dos auditores independentes com relação às demonstrações financeiras da Oi, a Companhia informa que será necessário mais tempo que o inicialmente estimado para a conclusão dos trabalhos”.

“A Companhia reitera que a conclusão tempestiva das alienações da UPI Ativos Móveis e do controle da UPI InfraCo são etapas fundamentais para a implementação das operações e cumprimento das obrigações previstas no Plano de Recuperação Judicial da Oi e está em linha com a execução do seu Plano Estratégico de transformação”.

Os dados preliminares divulgados mostraram piora da operação, exceto o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do quarto trimestre de 2021. Já a receita líquida caiu tanto no quarto trimestre de 2021 quanto no ano inteiro. 

Nesta terça-feira (26), a Oi reapresentou os mesmos números não auditados.

oi

A Companhia disse ainda que tais informações são preliminares e que ainda estão sujeitas à conclusão das análises pelos auditores independentes da Companhia.

A Oi manterá seus acionistas e o mercado informados sobre o desenvolvimento dos assuntos objeto deste Fato Relevante.

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários