InícioTV por AssinaturaApple exclui aplicativo pirata de TV disfarçado de jogo

Apple exclui aplicativo pirata de TV disfarçado de jogo

Após baixado, usuários podiam assistir a filmes e programas transmitidos ilegalmente.

Apple exclui aplicativo pirata de TV disfarçado de jogo

A Apple excluiu um app da loja de aplicativos que transmitia ilegalmente filmes e séries de TV.

O que chama a atenção é que com base nas capturas de tela e descrição, o app Zoshy + era apenas um inofensivo jogo de sudoku, uma espécie de quebra-cabeça.


Entretanto, após baixado, o usuário tinha acesso a milhares de conteúdos piratas de forma totalmente gratuita, incluindo títulos do serviço de streaming da própria Apple, o Apple TV+.

O Zoshy + era listado como desenvolvido por “Ha Miller”, o único aplicativo disponibilizado por ele.

VEJA TAMBÉM:

–> IPTV: ABTA lança mais uma campanha contra a pirataria da TV Paga

–> Pirataria e impostos são os vilões da TV paga, diz especialista

–> Anatel lança site de combate à pirataria

Ao ser iniciado pela primeira vez, o aplicativo apresenta uma tela do jogo Sudoku.

No entanto, após alguns segundos, a interface é substituída pelas guias para explorar as séries e filmes pirateados.

Tirando os anúncios incessantes (a forma como o desenvolvedor ganha dinheiro), o aplicativo era surpreendentemente sofisticado, com gráficos ricos, lista de tendências e conteúdo em carrosséis.

Para acessar o conteúdo, o usuário precisava passar por várias rodadas de anúncios.

Provavelmente, para contornar o processo de avaliação, o desenvolvedor deve ter enviado para a equipe de revisão do app apenas os recursos do jogo ativo.

Posteriormente, o desenvolvedor deve ter ativado via servidor a tela “alternativa” do app.

A Apple afirma que emprega várias estratégias para evitar esse tipo de aplicativo ilegal.

Evidentemente, esses procedimentos não são infalíveis.

O aplicativo pirata ficou disponível durante três semanas e chegou a ser classificado na 50ª posição do ranking de download de jogos de quebra-cabeça da App Store.

“É muito bom porque posso assistir programas que não estão no Netflix”, chegou a avaliar um usuário.

No fechamento desta matéria, o mesmo aplicativo pirata é disponibilizado na loja do Google Play, para dispositivos Android.

Ele também é listado como um jogo, na descrição dizendo que ele é um quebra-cabeça “com capas de filmes e séries de TV”.

Entretanto, ao baixar, o usuário clica para “jogar” e consegue assistir aos conteúdos ilegais.

Na loja de aplicativos do Google já foram mais de 50 mil downloads, com o app sendo atualizado no último dia 26 de maio.

Vale lembrar que o uso de aplicativos piratas é um risco de segurança para o usuário, tendo acesso ao armazenamento do aparelho, ter acesso a câmera e microfone, localização, além de fazer arquivos maliciosos sem a notificação.

Com informações de 9to5mac.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários