Homem é preso em Sorocaba por usar linhas telefônicas em nome do ator Domingos Montagner

Ele ainda tinha mais 12 linhas em nome de pessoas que já morreram

Renato de Almeida, 50, foi indiciado por estelionato hoje (06), em Sorocaba (SP). Segundo a Polícia, ele tinha várias linhas telefônicas, planos de internet, TV a cabo e celular em nome de outras pessoas. Duas delas estavam em nome do ator Domingos Montagner, que faleceu em 2016, durante as gravações da novela “Velho Chico”, no Rio São Francisco, em Sergipe.

Após a denúncia de um funcionário da operadora de telefonia, que identificou que o homem utilizou o CPF do ator para fazer a solicitação, a Polícia começou as investigações. Esta semana, duas linhas de telefone foram instaladas na casa do acusado no nome do ator.


Policiais chegaram ao suspeito depois que a empresa de telefonia confirmou vários pedidos de instalação de planos de telefone, TV a cabo, celular e internet para o mesmo endereço. Foram identificadas mais 12 linhas em nomes de pessoas que já morreram. Na residência do acusado foram apreendidos notebooks, celulares e documentos que comprovam a fraude.

A utilização das linhas ainda será investigada, mas foi constatado que a cada solicitação feita, o acusado recebia como brindes celulares, tablets e notebooks.

Renato de Almeida foi indiciado por estelionato e vai responder em liberdade. A mulher dele também será investigada pelo mesmo crime.

A Vivo informou que trabalha com as autoridades locais para evitar novos casos como este.

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, FAÇA LOGIN para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de