Banda Larga Fixa cresce sustentada pelas PPP’s

Mais de 1,5 milhão de domicílios contrataram o serviço nos últimos 12 meses

O último balanço divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apontou que mais de 1,5 milhão de domicílios brasileiros passaram a contar com o serviço de banda larga fixa nos últimos 12 meses. O que significa uma alta de 5,40%. Somente no mês de abril de 2019 o serviço foi prestado em mais de 30 milhões de lares.

Os números revelam ainda um dado curioso. Segundo a Agência, o crescimento é atribuído as Prestadoras de Pequeno Porte (PPP’s), que de acordo com uma resolução da Agência, são aquelas empresas ou grupo empresarial que possuam até 5% de participação no mercado varejista de telecomunicações que atuam.

Mas de fato quais são essas empresas que tem conseguido se destacar nesse mercado de gigantes das telecomunicações? E o que tem atraído tantos clientes?

A Vescnet Provedores do Brasil é um desses exemplos. Com mais de 20 anos no mercado de internet está sediada atualmente em Recife/PE, atendendo toda região metropolitana sob a qualificação para prestação em regime privado do Serviço de Comunicação Multimídia (SCM).

A advogada Patrícia Alencar se tornou cliente da Vescnet há aproximadamente três anos, após insatisfações com uma operadora. “Depois que a Vivo assumiu a GVT minha internet ficou lenta e com muitas falhas. Eu abria várias reclamações, mas nada era resolvido. Foi aí que decidi mudar. Hoje sou atendida de imediato pela Vescnet. O acesso à eles é rápido e desburocratizado, o serviço atende as minhas necessidades e o melhor, não me obrigam a contratar telefone fixo. Estou muito satisfeita”, afirmou.

Já Cristiam Alves, morador de Olinda/PE, precisava de internet banda larga em sua casa e não tinha cobertura no seu bairro. “Liguei para algumas empresas mais tradicionais e a informação era sempre a mesma: Não temos disponibilidade para a sua rua. O que eu achava muito estranho, pois alguns dos meus vizinhos eram assinantes antigos”, disse.

Até que Cristiam encontrou um provedor local que atende não apenas a sua localidade como também a cidade de Paulista e a capital pernambucana. “Hoje tenho acesso rápido à internet, com qualidade e um preço justo. Não troco por essas empresas ‘tradicionais’ nem de graça”, finalizou.

Em Queda

Ainda segundo o balanço da Anatel, os grandes grupos nacionais de telecomunicações perderam quase 95 mil domicílios nos últimos 12 meses. No entanto, a representatividade desses conglomerados ainda é muito grande.

Em abril de 2019 a maior participação na banda larga fixa foi registrada pela Claro, com 30% do mercado ou 9,49 milhões de lares atendidos. Em segundo lugar veio a Vivo, com 23,62% de participação e em terceiro a Oi com seus 18,43%.

Já no caso das PPP’s, segundo a agência reguladora, a junção de todas elas resultaria na segunda maior prestadora do país com 25,32% desse mercado ou 8 milhões de domicílios atendidos.



About Bruno Ribeiro
Jornalista com atuação regionalizada há mais de 10 anos em assessoria de imprensa para o setor de Telecomunicações. Com passagem por Agência de Comunicação, Jornais e TV da região nordeste.

3 Comentários

  1. Ola meu nome é Marcos, moro em Sumaré-SP, sou atendido pela Desktop, com fibra ótica, uma excelente empresa que esta crescendo a cada dia, atuando em 18 cidades. Parabens Desktop pela qualidade em seus serviços.

  2. Bom dia, qual a empresa que disponibiliza internet em OLINDA ?

  3. Aqui em Vila Velha – ES no bairro de Itapuã sou atendido pela operadora Loga Internet…pago 99,00 por 100MB Download e 50MB Upload…atendimento ótimo e estou Hipersatisfeito.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*