Veek é descredenciada pela Surf Telecom; entenda o que muda

Com o fim da parceria, a Veek precisou fazer alterações na forma como está vendendo seus serviços. 


A trajetória da operadora Veek começou em 2016. Neste ano foi anunciado que uma nova operadora móvel virtual (MVNO) passaria a atuar no Brasil, tendo como foco o público jovem da classe C. 


O projeto só saiu do papel em 2017, mais precisamente no final de junho. Para que fosse implementado, como se trata de uma MVNO, a Veek teve que escolher qual operadora estaria na retaguarda em relação aos aspectos técnicos para a cobertura. A escolhida foi a TIM, baseada em um contrato com uma outra empresa, a Surf Telecom, que é uma MVNE (Mobile Virtual Network Enable), isto é, ela atua habilitando e credenciando empresas que possam oferecer serviços de telefonia. 



No entanto, a parceria foi interrompida. O Minha Operadora recebeu recentemente o relato de um leitor, que é cliente da Veek. Ele declarou que  entrou com uma queixa no Procon Municipal de Belo Horizonte/MG contra a Veek e a Surf Telecom devido a problemas na recarga desde janeiro/2019 e referente às mais de 20 panes de rede registradas em 2018 nas áreas que frequenta.
Foi realizada uma audiência no dia 12/04, e um representante da operadora esclareceu nos autos os seguintes pontos:

 – A Veek foi descredenciada pela Surf Telecom;
– Desde o dia 19/01 que a Surf Telecom bloqueou a API de recargas da Veek pelo aplicativo
– A Veek não está mais distribuindo e entregando chips
– A Veek entrou com recurso junto à Anatel solicitando que a Surf Telecom volte a atendê-los e que os serviços bloqueados sejam liberados.

Entramos em contato tanto com a Surf Telecom quanto com a Veek. Até o fechamento desta matéria recebemos apenas o posicionamento da operadora.
A Veek confirmou que foi descredenciada pela Surf Telecom e que sua API foi bloqueada. Consultamos o site da Surf Telecom, e, realmente, o logo da Veek não aparece mais na lista de MVNOs que a companhia atende.



A Veek fala de um desalinhamento comercial e estratégico com a Surf, porém ressalta que as recargas via app estão disponíveis, via transferência e depósito.

VIU ISSO?


Parte, disto que a Veek chama de desalinhamento comercial, passa pelo fato da Surf Telecom adotar novas estratégias, como uso de pontos físicos e um sistema usado pelos Correios para recarga.
“Como nascemos 100% digitais e não achamos que estes serviços sejam os melhores e mais adequados ao nosso público, começamos a procurar uma nova parceira para a Veek”, esclarece a operadora em nota.
A Veek também comentou sobre o recurso na Anatel: 

“Em decorrência deste desalinhamento no modelo de recargas, sempre visando o atendimento aos nossos clientes, entramos com uma reclamação na Anatel que julgou procedente o pedido da Veek e estabeleceu uma multa diária à Surf.

A partir disto, tanto a Veek quanto a Surf, resolveram não dar continuidade à parceria e foi dado a entrada num pedido de descredenciamento com prazo de 6 meses para a transição.

A nossa preocupação é com nossos clientes, então estamos focados na agilidade desse processo e em breve anunciaremos nosso novo parceiro comercial”.
Agora a grande questão que fica é: como anda a relação da Veek com seus consumidores em meio a essa turbulenta transição? No ano passado a operadora ultrapassou a marca de 50 mil assinantes.


É comum encontrar no Twitter relatos de clientes expondo diversos problemas em relação aos serviços da operadora. Pra entender melhor a situação, conversamos com Ítalo Soares cliente Veek há 8 meses.
Soares diz que, no geral, tem tido uma boa experiência, e que consegue ter  qualidade de serviço igual a da sua outra operadora, porém, gastando menos. Evidente que ele também cita alguns problemas, como por exemplo, o sinal. Ele também é cliente TIM, e diz que o  sinal não costuma ser tão bom quanto sua outra linha, mesmo assim ele considera a Veek boa nesse aspecto: “nunca me deixa na mão”, diz ele.

“A opção de recarga via débito e crédito está fora do ar há meses e sem previsão de retorno. Forçando os clientes a usarem a função de recarga por transferência, que é super lenta (demora por volta de 1 semana até a recarga cair) e só funciona com alguns bancos”, pontua o consumidor.


Soares também cita que o aplicativo é meio lento, e que as opções de recarga já foram melhores, já que reduziram a a quantidade de valores disponíveis. “O valor mínimo é R$ 20. Uso bem pouco minha linha, então um valor menor seria bem vindo”. 

A falta de parceria com certos aplicativos, na visão de Soares, também é um problema. “A  falta de parceira com apps como o PicPay, Recarga Pay e Mercado Pago fazem um pouquinho de falta. Por conta dos cashbacks”.

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.

12
DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, FAÇA LOGIN para comentar
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
....
Visitante

Será que esse cliente de Belo Horizonte/MG é o mesmo que fez um livro com 110 páginas e processou a TIM por erros no tim beta?

O cara deve ser muito paciente e a veek deve ter esgotado para ele ter contado os dias que ficou sem serviço.

Luiz
Visitante

Tomara que façam parceria com uma operadora com sinal melhor…mas, se voltar, vai ser difícil confiar nessa "operadora", novamente.

pedroseixas
Visitante

Lixo

Eurípedes
Visitante

Pqp! Ser cliente Veek, pq não cliente Tim? A tal classe C q a Veek estava de olho e a tal classe q só se fode, com um portifólio caro, q é o dessa operadora.

Rogério Pires
Visitante

Não consegui ver a lógica: O cara é cliente da Veek que usa a rede da TIM e o mesmo tem outra linha, na TIM. O "ganho" se daria então, somente no quesito "tarifas", mas se por na ponta do lápis a própria TIM consegue ser mais vantajosa que a Veek… eu hein!?

....
Visitante

Pagar apenas o que usar, sem a tranqueira de SVA, receber chamadas fora do ddd de habilitação mesmo sem créditos representa a verdadeira economia ao invés de pagar sem utilizar, aderir sem consentimento e ter que gadtar com plano controle para receber chamadas fora do DDD.

Enfim, créditos rendiam de fato onde o mínimo durava o mês todo enquanto na tim o cliente é obrigado a recarregar no mínimo 40 reais por mês.

Brasil
Visitante

Lixo

LUCIANO
Visitante

Lixo!!! Cheguei a utilizar esse lixo pra testar e me arrependi amargamente. Os caras são amadores e lunáticos, vivem em outra dimensão. Piada de muito mau gosto esse lixo chamado veek.

Joab nascimento
Visitante

Essa veek é um lixo, usei e me arrependi, estou satisfeito com meu nextel happy.

Paulera
Visitante

Sou cliente porque uso muito pouco o celular e a promoção da recarga de R$100,00 na black friday valeu a pena pelo custo, mas a qualidade da rede da tim deixa muito a desejar e com esse descredenciamento parece que ficou ainda pior nos últimos dias.
Entrei em contato com a veek para perguntar a qual operadora o celular pertence para solicitar portabilidade e informaram que por 6 meses ainda continua na base da surf telecom.

Wesley Vieira
Visitante

Mas eu nao tive a menor dúvida que esse lixo de operadora iria despencar ladeira a baixo!!! Fiz a burrada de fazer portabilidade pra essa operadora com meu número de mais de 10 anos, e eles simplesmente CANCELARAM meu número por falta de recarga em 1 mês! E o pior, é que a gente não consegue fazer recarga!!!! Fiquei uns 3 meses sem conseguir receber ligações, a ligação pro meu número só completava se a pessoa usasse o código 41, devo ter perdido várias ligações de emprego! Sem contar que os planos deles não tem vantagem ABSOLUTAMENTE NENHUMA, R$0,20 por… Leia mais »

Wagner Silva
Visitante
Wagner Silva

Alguem teve problema com portabilidade? Meu número e do um amigo meu que era veek foi portando ambos para operadora OI, de lá pra cá o meu amigo começou a receber ligações constantes de pessoas informando que ele tinha ligado para elas, sendo que ele nem saldo tinha para ligar. Ele fez uma pesquisa e era de uma empresa de cobranças que estava binando o número dele para cobrar os seus clientes, ele ligou para oi e anatel e não resolveram. Agora o mesmo problema dele está acontecendo comigo, pessoas me ligando dizendo que liguei para elas. Sem nem mesmo… Leia mais »