Cerca de 700 funcionários da Nextel devem ser demitidos

Demissões devem afetar diversos departamentos, entre eles o de tecnologia, comercial e atendimento ao consumidor.


Até o momento a aquisição da operação da Nextel Brasil pela Claro não acarretou em nenhuma mudança para suas respectivas bases de clientes, ainda mais que o acordo está em uma fase inicial. Mas, internamente, mudanças significativas já estão sendo encaminhadas, segundo o Correio Braziliense. Um executivo da Nextel que pediu para não ser identificado afirmou que são esperadas 700 demissões nos próximos meses.


Esses cortes de postos de trabalho seriam feitos em diversos departamentos da Nextel Brasil, entre eles o de tecnologia, comercial e atendimento ao consumidor. 


O clima em meio a essa possibilidade, evidentemente, é péssimo. “Todos estão se preparando para o pior nos próximos meses. Sabemos que muitos departamentos serão extintos e isso já vem sendo alertado pelos altos executivos da companhia.”, completou o executivo ouvido pela reportagem.


VIU ISSO?


Conforme já comentamos aqui, a aquisição da Nextel Brasil pelo grupo América Móvil, responsável pelo controle da Claro, não causará mudanças para o consumidor num primeiro momento. As operações continuarão sendo independentes e os plano vigentes serão cumpridos. No entanto, como já ocorreu em tantos outros casos de negociações dessa magnitude, planos de demissões podem realmente estar sendo colocados em prática, já que a Nextel Brasil seguirá agora com uma nova filosofia e práticas, e nem sempre a empresa que adquire mantém todo o corpo de colaboradores que vinha atuando na corporação.

About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

2 Comentários

  1. Quer dizer que a nova filosofia da empresa agora é se tornar inferior a Claro, que já é péssima? A Nextel sempre teve um melhor atendimento. Que triste, o único diferencial da empresa, vai ser engolido, por uma gigante que só pensa em números, e nunca priorizaram a experiencia do cliente.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*