quinta-feira, 28 de março de 2019

Operadoras de TV paga perderam quase 90 mil assinantes em fevereiro

De cada 10 assinantes perdidos, 9 eram clientes do grupo NET/Claro.

Todas as principais operadoras de TV por assinatura do Brasil perderam clientes durante o mês de fevereiro, o que fez o setor sofrer um revés de -0,51% em apenas 28 dias. Foram perdidos 89.660 consumidores legalizados no total, que ou migraram para algum serviço de streaming como Netflix e Globoplay, ou se renderam a pirataria. O relatório contendo esses números foi divulgado ontem (27) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

De cada dez clientes que desativaram seu serviço de TV paga, nove eram assinantes do grupo NET/Claro TV. Essas duas empresas perderam 80.552 usuários no mês passado. Aliás, você tem visto alguma antena da Claro TV no bairro onde mora? A base da operadora tem encolhido tanto mês após mês que a impressão que se tem é que o grupo mexicano América Móvil (controlador de NET, Claro e Embratel) quer deixar a marca desaparecer no país. Do total de perdas do grupo, a Claro TV foi responsável por 44.505 desinstalações, enquanto a NET cancelou 36.047 pontos de acesso.


As empresas Vivo TV (-18.237), SKY (-12.708), Oi TV (-2.455), Algar Telecom (-1.691), Nossa TV (-493) e Cabo Telecom (-379) também subtraíram clientes da base no mês passado.


O mercado de TV por assinatura brasileiro fechou fevereiro de 2019 com a NET na liderança isolada do setor e 40,1% de fatia do mercado. A SKY é a vice-líder com participação de 30,3%. A Oi também sobe no pódio com 9,2% do total de clientes. As empresas Vivo (8,8%), Claro (8,4%) completam o ranking das empresas com fatia de assinantes significativa no segmento.
No total, existem 17.371.312 pontos de TV por assinatura legalizados no Brasil. As barras horizontais abaixo representam a quantidade de clientes que cada empresa do setor possui atualmente:


Para definir a operadora Mico e a Destaque do Mês, o Minha Operadora fez os cálculos para saber quanto cada número negativo desses citados acima trouxe de impacto real para a base de clientes delas individualmente. Como todas as empresas perderam clientes, o Destaque de fevereiro é da companhia que diminuiu menos a sua fatia de mercado. Vamos ao ranking de crescimento percentual de base das teles no setor de televisão por assinatura:

  1. Oi TV (diminuiu a base em -0,15%) => DESTAQUE
  2. SKY (-0,24%)
  3. NET (-0,51%)
  4. Cabo Telecom (-0,85%)
  5. Nossa TV (-1,07%)
  6. Vivo TV (-1,17%)
  7. Algar Telecom (-2,07%)
  8. Claro TV (diminuiu a base em -2,96%) => MICO


3 comentários:

  1. Que bom que ta diminuindo essas tvs pagas pra assistir tomara que terminem com isso e uma bobagem pagar pra assistir tv tomara que todos os canais fechados virem canais abertos pra isso ja tem os comerciais das empresas que pagam pra divulgar seus produtos por isso esses ajudarao a manter os canais com o pagamento dos comerciais nunca assinei tv por assinatura e nem quero nem mesmo no pre pago

    ResponderExcluir
  2. Os valores comtribuem para esse cancelamento , e muito caro , enquanto isso a pirataria está dominando o mercado , preço justo seria uma boa concorrência contra pirataria, com menos 800 reis vc tem um aparelho que pega tudo , um pacote compecom dessas operadoras não sai menos de200 Reia .

    ResponderExcluir
  3. Preço justo seria um pacote completo por 100 reais!!! Aí resolveria o problema...

    ResponderExcluir

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.