Internet em Cuba irá melhorar devido a um acordo com o Google

Parceria promete reduzir o tempo de acesso aos conteúdos hospedados no Google.


Nos últimos meses Cuba fez anúncios interessantes em termos de melhorias para seu setor de telecomunicações. Em dezembro do ano passado foi liberado o 3G, em março deste ano foi confirmado os primeiros testes com 4G, e agora uma parceria com o Google promete ser mais uma etapa nessa corrida por trazer um pouco mais de evolução na conexão do país que ainda está tão atrasado nesse aspecto.


O Google fechou uma parceria com a ETECSA, que tem o monopólio da telefonia no país caribenho. Este acordo passa por uma relação mais próxima da rede da estatal cubana e a companhia norte-americana. De acordo com o que o memorando será estabelecido uma conexão direta entre ambas as redes, condição chamada de peering. 


Na prática isso garante que que o acesso aos conteúdos hospedados no Google aconteça de forma mais rápida. O chefe do Google em Cuba, Brett Perlmutter, disse que foi criado um grupo de trabalho composto por engenheiros da ETECSA e do Google para investigar e analisar alternativas para colocar em operação a interconexão direta”.

VIU ISSO?


Parte desse desenvolvimento da conexão também pode passar pela implementação de um novo cabo de fibra submarino

“A implementação desse serviço de troca de tráfego na internet é parte da estratégia da ETECSA para o desenvolvimento e informatização do país”, pontua o comunicado divulgado na coletiva de imprensa realizada em Havana que revelou o acordo.



About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*