quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Empresas do Grupo Oi geraram caixa negativo de R$ 435 milhões

O que você achou? 
Números são referentes ao mês de outubro. 



A Oi que está em recuperação judicial desde 2016, registrou em outubro geração de caixa operacional líquida negativa em R$ 435 milhões. No mês anterior o resultado havia sido positivo, R$ 79 milhões. O saldo final do caixa financeiro das empresas do Grupo Oi estava em R$ 4,379 bilhões ao final de outubro.

Segundo o levantamento mensal apresentado pelos administradores, as empresas registraram R$ 2,898 bilhões em recebimentos, aumento de 7,6% frente ao mês anterior. 

Já os pagamentos totalizaram R$ 2,751 bilhões em outubro, alta de quase 21% em relação ao mês anterior. Segundo a companhia, esse aumento é reflexo do aumento dos pagamentos intercompany, além de custos relativos ao plano de Recuperação Judicial.

VIU ISSO?


Os administradores destacam que os recebimentos na rubrica Clientes tiveram elevação de R$ 75 milhões em outubro, totalizando R$ 1,756 bilhão, isso por conta do maior número de dias úteis.


8 comentários:

  1. Depois de ouvir muitas opiniões contra e a favor da OI, resolvi testar para ver qual era a realidade. Esperava que, com a recuperação judicial, a Oi estivesse ao menos, tentando melhorar. Comprei um chip pré e lá fui eu ver a realidade. Habilitou um número feio, daqueles de embrulhar o estômago. Tentei mudar e nada, o sistema de escolha estava inoperante.
    Ao efetuar a ligação para cadastro, parecia mais um rádio AM mal sintonizado e com volume baixo. Entre picotes consegui cadastrar. Recebi dezenas de SMS inúteis que ignorei. Nao demorou e comecei a receber as famosas chamadas do DDD 11 que caíam assim que eu atendia.
    Tentei ligar para o SAC da Oi, o 1053 e foi surreal. O Eduardo atendeu e vendo que era pré pago transferiu para a "colega" sem nome que simplesmente não transfere para nenhum humano de carne e osso, deixando o cliente num loop infinito de opções sem resultado.
    Nunca na minha vida, desde o AMPS, TDMA, GSM e por aí vai, eu havia visto uma ura tão decadente, onde cada número é uma voz diferente, algumas chegam a gritar ao invés de falar, como se alguém estivesse fazendo cócegas na ura.
    Ficam forçando o cliente a ser controle, quando aceitei veio outra voz louca de ura gritando pedindo meus dados. Ao invés de bravo, comecei a rir. Uma ura maluca a da Oi, espanta os clientes no prímeiro nível e os diretores não se dão conta. Tudo ruindo, nada melhorando.
    A Oi é como alguém caindo no precipício, que se agarrou num galho fino e acha que está a salvo, mas apenas parou de cair por alguns momentos.
    Não admira a situação irreversível em que se meteu. Eu estava preparado para o ruim, mas o que presenciei, me fez pegar o chip da OI, jogar no vaso sanitário e dar a descarga, evitando que outro humano sofra com algo tão degradante aos ouvidos humanos.
    Não acredito que a OI sobreviva a 2019. Não do jeito que está.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Tive um Oi livre e foi super difícil conseguir falar com algum atendente. O atendimento eletrônico é péssimo e feito para cansar o cliente até o mesmo desistir, algo que no atendimento controle/pós pago é mais facilitado pela opção de falar diretamente com alguém. Passei pelo Controle até chegar ao pós, mas, cancelei pelo atendimento podre. Até mesmo reclamando na Anatel, tiveram a cara de pau de falar que meu contrato tava errado (reclamação por SVA inclusa no plano não habilitada para uso). Acredito que a Oi só teria chance se uma grande operadora a comprasse e mudasse completamente a empresa.

      Excluir
  2. Na minha experiência, a Oi realmente tem uma rede de péssima qualidade, porém no atendimento eu achei melhor que as outras. Fui atendido poucos segundos depois, sendo que já tive que esperar quase 2 horas para ser atendido na Vivo (que em compensação tem a melhor rede).

    ResponderExcluir
  3. Tive Oi há alguns anos e o atendimento realmente era péssimo. Tive um problema com a caixa postal,que não havia meios de ser ativada,e, após inúmeras reclamações no SAC da Oi,na ANATEL e no Procon, ajuizei uma ação e a operadora foi condenada, na época, a me indenizar em R$ 5 mil por danos morais. Atualmente, minha linha é TIM e estou satisfeito com o serviço. Entretanto, há pouco mais de um ano, tive um problema grave com a TIM: minha conta bancária foi invadida e, ao mesmo tempo, "coincidentemente", a TIM bloqueou indevidamente minha linha, impedindo que eu recebesse os SMS do banco com as movimentações no momento em que elas estavam ocorrendo. Enfim, todas as operadoras, infelizmente, deixam a desejar, seja em qualidade, seja em segurança.

    ResponderExcluir
  4. Tenho uma linha da Oi, numero antigo desde a época que começou a ser comercializado o Oi Galera. Ainda mantenho na Oi, pois consigo receber bonus todo mês e acumular sempre o que possuo, onde ja tenho mais de 15gb de internet, 5 mil sms e 60 mil reais em ligações oi local e fixo além de prorrogar a validade dos creditos.
    Mas mesmo com tantos beneficios, utilizo muito pouco devido a sua "qualidade".
    Hoje tenho Claro prezão mensal de 14,99 como linha principal, antes era tim beta mas por causa de tanta raiva que passei com a tim como seu sinal e qualidade deficiente e problemas constantes na linha fiz portabilidade. A Oi ficou como segunda linha mas fica mais bastante encostada, usando raramente. E estou fazendo teste com a vivo easy que é um plano que me agrada por não possuir validade, ou seja, otimo para segunda linha, mas ainda tenho problema onde moro o sinal da vivo chega de uma cidade vizinha e oscila demais, com o celular perdendo direto o sinal. As demais operadoras possuem sinal onde moro não sofrendo com a oscilação da vivo que por enquanto nao possui sinal por la.
    Mas creio que futuramente quando a vivo resolver colocar sinal por la, faço a portabilidade da minha linha oi para a vivo. Pelo menos quando não consigo usar a Claro, tenho a vivo que substitui.

    ResponderExcluir
  5. É muita incompetência! Como uma empresa que está num ramo tão restrito com apenas 3 concorreentes e ainda consegue falir?! Que Bolsonaro abra o comércio e desfaca esse oligopólio

    ResponderExcluir
  6. Eu uso a Oi desde 2002, quando ela lançou a rede GSM em abril daquele ano e, eu comprei meu primeiro telefone, um Nokia 3310 GSM com um Oi Chip em outubro do mesmo ano, e nesses 16, quase 17 anos, eu nunca tive problemas com a Oi. Nesse anos todos, eu fui trocando de aparelho, mas mantendo o meu número. Eu apenas reclamava da falta de cobertura em estradas, coisa que de um tempo para cá, foi solucionado com acordos de roaming com outras operadoras. Rede de telefonia celular, varia muito de região para região. O que pode ser bom para vocês ai, pode não ser bom para cá, e vice versa.

    ResponderExcluir

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.