Oi lança serviço de banda larga corporativa via satélite

Serviço faz uso do satélite da Yahsat e oferece planos de até 25 Mbps.


Com base no satélite Al Yah-3, e através da Telespazio, parceira da Yahsat, a operadora Oi anunciou um novo serviço de banda larga fixa para clientes corporativos, em conexões com até 25 Mbps – sem franquia de dados.

O serviço pode ser assinado regiões Sul e Sudeste, grande parte do Nordeste, e parcialmente o Centro-Oeste e Norte do país. O plano de 36 meses custa ao mês R$ 499.


De acordo com a Oi esse novo serviço é direcionado para diversas verticais de negócio, capaz de atender empresas de diversos portes, e até órgãos governamentais. 


VIU ISSO?


O satélite Al Yah-3 está na posição orbital 20º Oeste e tem cobertura em banda Ka de 95% do território brasileiro. Inclusive, a Yahsat, com sede em Abu Dhabi, Emirados Árabes, esponsável pelo satélite, lançou em novembro o seu próprio serviço de banda larga por satélite. São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Rio Grande do Norte, já contam com o serviço.

About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

9
Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
S.G Gamer
Visitante

Hummm, da até pra arrumar 10 pessoas na roça e compartilhar

Unknown
Visitante

Sertaozinho sp têm weclix 1 giga de velocidade por 199.90 sem taxa de instalação sem taxa de cancelamento essa oi e um lixo sem taxa de mudar a velocidade fala serio so no Brasil mesmo

G
Visitante

Nunca que internet via satélite poderá oferecer a mesma velocidade e preço da fibra ótica. Essa tecnologia é limitada e costuma ser mais cara mesmo, geralmente apenas para zona rurais que não têm nenhuma maneira de receber internet a não ser por satélite.

Diego Regner
Visitante

Deixe de Conversa fiada,rapaz. Aqui não tem bobo não

Unknown
Visitante

Conversa fiada , hein

Erick Nilson Silva
Visitante

A Oi precisa investir em 4G/4.5G e fibra ótica para poder voltar a brigar de igual para igual.

Unknown
Visitante

Será que vai prestar

Raniere
Visitante

A Oi antiga Telemar, deveria hoje está no topo, mas por falta cérebro do donos é hoje uma das empresas que menos investe na rede de fibra óptica e em outro servicos do seguimento

João Carlos Nunes Vargas
Visitante

Também pudera! Olha quem eram os controladores! Grupo Lafonte,Andrade Gutierrez;socios sem qualquer expertise em telecomunicações.Por isso é que foi passada pelas demais.