sábado, 8 de dezembro de 2018

Cubanos agora podem acessar internet pelo smartphone

O que você achou? 
Pacotes 3G chegam em Cuba custando a partir de 7 pesos (R$ 27).


Finalmente (alguns) habitantes de Cuba poderão acessar à internet através dos seus celulares, a estatal Etecsa lançou pacotes 3G, que para a realidade do país comunista é um avanço e tanto. 

O novo serviço custa 0,10 cêntimos de peso cubano (CUC) por megabyte para aqueles que desejarem navegar em dispositivos móveis, embora sejam oferecidos pacotes de dados de 7 pesos (R$ 27, em conversão direta) para 600 MB, 30 CUC (R$ 117, em conversão direta) para 4 GB. Sem o vínculo de um pacote, cada 100 MB custa o equivalente a R$ 39.


A vice-presidente da Etecsa, Tania Velázquez, informou que um aviso personalizado via SMS está sendo enviado para os seus clientes com os detalhes sobre os pacotes de dados.

A Internet cubana tem algumas restrições, o governo bloqueia um pequeno número de sites como o canal Rádio y Televisión Martí, financiado pelos Estados Unidos, e outras páginas que favorecem uma mudança de sistema na ilha. 

Antes de lançar o serviço a operadora realizou testes entre agosto e setembro para avaliar a capacidade do serviço. "A internet é uma ferramenta muito útil para ser colocado dentro do alcance de todos , " disse o ministro Jorge Luis Perdomo, que rejeitou o que chamou de "campanhas de mídia" que afirmam que o governo irá não permitir o livre acesso às redes.

Os Estados Unidos limitaram por vários anos, como resultado das sanções, o uso dos cabos de tensão que forneciam uma Internet limitada a Cuba . Nos anos 90, apenas diplomatas e empresários estrangeiros tinham conectividade. No entanto, Havana conseguiu através de um acordo com a Venezuela um terminal de fibra ótica em 2012.

VIU ISSO?

Em 2013, abriram-se salas de navegação, que foram atendidas pela população para verificar suas correspondências ou navegar na Internet.Em 2015, as chamadas zonas wi-fi foram instaladas em parques e praças, a forma mais popular de conexão que custa um dólar por hora. . Existem atualmente 830 dessas áreas.

Cuba, era um dos poucos países do mundo onde não se podia navegar na internet pelo smartphone. O país abriu seu serviço de telefonia móvel em 2008 , após as reformas econômicas promovidas pelo ex-presidente Raul Castro.

A partir do próximo ano, a ilha vai começar a desenvolver a internet pela banda para redes móveis de quarta geração (4G).

Lembrando que baseado no salário médio dos cubanos, em torno de 767 CUP (R$ 117, em conversão direta) mensais, muitos continuarão sem usufruir da internet em seus aparelhos!

9 comentários:

  1. 3G? Estão bem avançados. Viva o comunismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ué, a China é comunista e está liderando o avanço sobre o 5G. Mantemos o Viva o Comunismo? A diferença é que os EUA não tem força com a China, já contra Cuba é fácil colocar um monte de barreiras...

      Excluir
    2. China não é comunismo. É uma ditadura com valores capitalista disfarçada de comunismo.

      Excluir
    3. Comunismo não passa de capitalismo de Estado, tanto Cuba quanto China seguem esse modelo. Acontece que sistema econômico nenhum garante que um país seja automaticamente rico, veja a Etiópia, capitalista e pobre.

      Excluir
  2. Caríssimo os planos com pouca Internet lerda. Detalhe apenas um pequeno grupo poderá pagar essa Internet. Ao menos começou o desenvolvimento na área de dados móveis, até 2040 a Ilha deva ter 100% do 3G, 4G lá pra 2050 e 5G lá pra 2100.

    ResponderExcluir
  3. A Vivo deveria ir pra la,ai os cubanos nunca ia usar internet,por que a internet da vivo e muita lenta e com poucos dados e preços muito altos.

    ResponderExcluir
  4. A clari claro tinha que compra a vivo assim a internet seria a mais rapida no 3 g e 4 g

    ResponderExcluir
  5. Eis a questão, comprar pacotes de internet ou passar o mês inteiro com fome? "Viva ao Comunismo" que nunca funcionou!

    ResponderExcluir
  6. Tá que nem minha cidade Sao Francisco de Itabapoana so pega Vivo no 3G e lento

    ResponderExcluir

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.