sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Vivo está cadastrando rostos de clientes

O que você achou? 
No futuro, operadora usará reconhecimento facial no contato com os assinantes; objetivo é combater fraudes.


A Vivo está cadastrando os rostos de seus clientes em suas lojas físicas. O registro será usado para identificar os assinantes em contatos futuros, por meio de tecnologia de reconhecimento facial. 

Com a medida, a Vivo tem como objetivo combater a chamada “fraude de identidade” ou “fraude de subscrição”, na qual fraudadores tentam se passar por outra pessoa com documentos falsos.

A operadora já equipou com tablets cerca de mil lojas físicas, entre lojas próprias, revendas e autorizadas, para a captura de imagem do rosto dos clientes. A meta é que até meados de janeiro todas as lojas da rede estejam equipadas. 

Ao vender uma nova linha, o atendente, além de verificar e escanear os documentos do consumidor, tira uma foto da pessoa com o tablet. Após verificações de autenticidade, aquela foto passa a ser vinculada ao assinante. 

Conforme a Vivo, a medida serve à segurança do próprio cliente. A operadora é a primeira no Brasil a ter esse tipo de identificação. 

A Telefônica, dona da Vivo, possui armazenados dados de mais de 100 milhões de documentos de seus clientes – alguns possuem mais de um documento cadastrado. 

A vinculação com uma imagem do rosto do assinante vai melhorar a assertividade do processo de identificação.

VIU ISSO?


Biometria de voz


A Vivo também está trabalhando com biometria de voz. Em seu banco de dados, a empresa já conta com mais de 2 milhões de registros vocais de clientes.

Os registros vocais são guardados a partir de chamadas realizadas para o seu call center. 

Como complemento na coleta de biometria de voz, as lojas da operadora, além de captarem o rosto do assinante para reconhecimento facial, estão também gravando uma frase dita pelo usuário. Ela servirá como uma senha vocal. 

Atualmente, os registros de voz são confrontados com uma blacklist de vozes de fraudadores. No futuro, será possível realizar uma verificação em tempo real, durante uma ligação para o call center, para ter certeza da identidade da pessoa que está na linha.

Conforme a operadora, a combinação das duas biometrias, rosto e voz, irá dificultar os crimes realizados pelos fraudadores.



2 comentários:

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.