quinta-feira, 22 de novembro de 2018

TCU aponta problemas em políticas públicas de telecomunicações

O que você achou? 
Entre eles estão o desperdício de recursos públicos, deficiência na gestão de risco e falhas nos processos de monitoramento e avaliação.

O Tribunal de Contas da União (TCU) apontou os principais problemas nas políticas públicas de telecomunicações no Brasil. No acórdão, o órgão cita a formulação inadequada com prejuízo ao alcance dos resultados esperados; deficiência na gestão de risco e na articulação entre os diversos setores envolvidos; além de falhas nos processos de monitoramento e avaliação.

O Tribunal analisou a qualidade da implementação e o alcance de metas e objetivos dos programas implantados.

Um exemplo é a Lei de Informática que não possui indicadores finalísticos industriais para avaliar o retorno de investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). 

“Isso dificulta o acompanhamento de resultados que poderiam ser utilizados como subsídio para avaliação e revisões da política de informática”, diz o órgão de controle.

VIU ISSO?


A auditoria também apontou como problema a manutenção do benefício fiscal a empresas inadimplentes em relação ao parcelamento de débitos anteriores, em desconformidade com a norma estabelecida. 

Na “Política Nacional de Banda Larga”, as ações desconexas dos diferentes poderes ocasionaram redundância na prestação de serviços digitais em determinadas localidades.

A consequência disso é o desperdício de recursos públicos com uma área em detrimento de outras, que deixaram de ser atendidas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.