Subsidiária da Embratel fornecerá serviço de nuvem do Governo

Demais empresas que participaram do pregão poderão entrar com recurso contra a negociação.

A Primesys Soluções Empresariais, subsidiária da Embratel
com 40 anos de mercado será responsável pela infraestrutura do serviço de nuvem
do governo, confirmado hoje (30)
 pelo Ministério do Planejamento. A princípio 11 órgãos
da administração pública direta serão atendidos com os serviço, porém outras
entidades poderão aderir.

O preço da proposta foi de R$ 30 milhões, menos da metade da
quantia prevista inicialmente pelo Ministério, que totalizava R$ 71 milhões. Esse foi o menor lance do pregão sobre a primeira nuvem pública do Governo Federal, realizado no início do mês.


Além da Primesys Soluções Empresariais o pregão contou com outras 11 empresas (Tivit, Globalweb, Brasoftware, CapgeminiBR Cloud, UOL Diveo, Binario, GMAES, Central IT, RJR e Real Digital) que poderão agora entrar com um recurso contra a compra. 
Na proposta de R$ 30 milhões estão inclusos o desenvolvimento, manutenção e gestão de topologias de aplicações de nuvem e a disponibilização continuada de recursos de Infraestrutura como Serviço (IaaS) e Plataforma como Serviço (PaaS) em nuvem pública.



About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*