segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Operadoras devem faturar US$ 300 bilhões com 5G em 2025

O que você achou? 
Crescimento do 5G será de cerca de 163% nos próximos seis anos.



De acordo com um estudo da Juniper Research, que mostra o grande potencial de faturamento do 5G, em 2025 as operadoras faturem US$ 300 bilhões com produtos relacionados a nova geração de conexão móvel. O plano de crescimento do 5G é de cerca 163% nos próximos seis anos!

Esse reflexo do faturamento assombroso das operadoras com a implementação do 5G é fruto de um investimento tão representativo quanto. 

A Juniper estima que até o fim de 2018 terão sendo investidos US$ 60 bilhões em pesquisa e desenvolvimento do 5G no mundo. Deste montante US$ 30 bilhões estão investidos em redes experimentais, uma preparação para as redes comerciais que serão lançadas com mais força a partir de 2019. 

A primeira rede 5G comercial foi lançada em maio pela Ooredoo, operadora do Catar. Nos Estados Unidos, a primeira rede veio da Verizon. No Brasil, a expectativa é que o 5G desembarque apenas em 2021. Alguns testes comerciais devem começar no segundo semestre de 2019.


VIU ISSO?


Já para o ano que vem a receita estipulada para todo esse universo de possibilidades envolvendo o 5G gire em torno de US$ 894 milhões. 

A quantidade de dados gerado por todo um novo ecossistema de serviços amparados pelo 5G também impressiona. A tecnologia que pode impulsionar os carros conectados, cidades cada vez mais inteligentes e conexões móveis com ainda mais capacidade irá gerar 955 Exabytes de dados em 2025. Só para você ter uma dimensão mais próxima com uma unidade de medida mais habitual, 1 Exabyte equivale a 1024 Petabytes!


A Juniper aponta que a banda larga fixa por conexão 5G, que deve gerar 430 GB por mês em 2025, será o primeiro grande produto da nova geração da conectividade móvel. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário