segunda-feira, 12 de novembro de 2018

iPhone Xs torna eSIM realidade e operadoras terão que se adaptar

O que você achou? 
Chip exige que operadoras ativem números de telefone remotamente e permite que clientes troquem de operadora sem precisar trocar o cartão.

As operadoras que atuam no Brasil precisarão se adaptar daqui para a frente com a chegada de chips com novas tecnologias. Utilizado por quase duas décadas, o chip GSM está sendo substituído gradativamente pelo eSIM.

Até que enfim a ideia de um cartão SIM universal embutido no celular e compatível com todas as operadoras saiu do papel. 



Os novos modelos de smartphones já tem vindo com a tecnologia e o iPhone Xs, que foi lançado no Brasil na última sexta-feira (09), foi o primeiro a utilizá-la. 

Os modelos mais avançados de iPhones (Xs, Xs Max e XR) já podem ser adquiridos nas lojas da Vivo e da TIM

No entanto, a tecnologia eSIM que acaba de chegar no Brasil irá exigir que as operadoras se adequem, já que o número do telefone precisa ser ativado remotamente por elas. 

O novo chip permite que os clientes troquem de operadora quantas vezes quiserem sem a necessidade de ficar abrindo o aparelho para trocar o chip.

[ATUALIZAÇÃO - 12/11/2018 13H08]:

O iPhone Xs é o único fabricado até agora que possui apenas o eSIM. No entanto, os modelos que chegaram no Brasil vieram em uma versão híbrida, que utilizam tanto o eSIM quanto os cartões SIM tradicionais, já que as operadoras ainda não estão preparadas para utilizar a  nova tecnologia.

VIU ISSO?


No Brasil apenas a Claro já possui uma plataforma eSIM implementada e funcional, mas espera-se que as demais também estejam prontas para essa mudança dentro dos próximos meses.

Essa adaptação será necessária, já que a tendência é que dentro dos próximos anos os principais modelos de smartphones utilizem apenas o eSIM.

As operadoras terão que rever não apenas seu funcionamento tecnológico, mas também todo o seu processo de venda. 

Ainda não se sabe o que será feito com as revendas quando os clientes puderem ativar seus chips no conforto de suas casas. 

Especialistas apostam que as operadoras irão divulgar QR codes para ativação automática de linhas dentro das lojas. 

As empresas de telefonia também terão que modernizar seu sistema para o recebimento de documentação digital para todo serviço.

No entanto, as operadoras também poderão lucrar com a nova tecnologia de chip. O eSIM poderá ser utilizado em tablets e laptops, o que deverá ampliar a oferta de mercado. 





9 comentários:

  1. Ih, minha operadora, todos os modelos XS, XS Max e XR, vendidos no Brasil são hibridos, abrigam os dois modelos de chips.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Damasceno, desculpe pelo erro. O texto já está corrigido.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Diz pro estagiário pesquisar direito. Todos os iphones desse ano (xs, xs max e xr) possuem uma entrada pro chip tradicional. O e-sim funcionara como um dual sim pra quem quiser usar fuas operadoras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fabiano, a matéria já foi corrigida. Pedimos sinceras desculpas pelo equívoco. Esperamos que nos perdoe, um abraço!

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Eu já tava comprando o iphone xs porque com a informação ele seria somente o que utiliza o e-sim se tivesse comprado ia enviar a conta pro minha operadora pagar devido o equívoco no texto!!!

    ResponderExcluir

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.