Anatel aprova uso da faixa de 3,5 GHz para o 5G

COMPARTILHAR:

Tudo em prol da implementação do 5G no Brasil.




Na última reunião do presidente Juarez Quadros, cujo mandato acaba no dia 04 de novembro, a Anatel aprovou a abertura da consulta pública para a utilização da frequência de 3,5 Ghz (3400 Mhz a 3600 Mhz) para o 5G. 


Em nota a Agência diz que  a maior parte das especificações para a tecnologia 5G preveem a utilização mínima de blocos de 20+20 MHz. O limite em vigor,  10+10 MHz, pode impedir a implantação de alguns tipos de aplicações.

O projeto do órgão ainda inclui o Serviço Limitado Privado
(SLP)
presente na frequência, com o objetivo de servir como uma alternativa
para as soluções de Internet das Coisas (IoT).


VIU ISSO?
Assim como já sinalizou com o novo modelo de gestão de espectro, permitindo que as operadoras possam ampliar o range, o que abre margem para que uma operadora grande como a TIM adquira a Nextel ou Oi, que atualmente são deficitárias, a Anatel também quer limitar a quantidade de operadoras que podem prestar o serviço entre duas ou três operadoras

Isto porque se a agência destinar 40 MHz para cada operador, duas poderão comprar, os 40 MHz disponíveis, enquanto uma terceira ficaria com apenas 20 Mhz.

About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários