sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Acordo entre Brasil e Chile acaba com roaming entre os dois países

O que você achou? 
Medida deve começar a valer nos próximos 12 meses.

Nos próximos 12 meses, os brasileiros que vão passear no Chile não precisarão mais pagar roaming internacional para usar seu telefone no país e vice-versa. 

O presidente do Brasil, Michel Temer, e do Chile, Sebastián Piñera, assinaram um acordo de livre comércio, na última quarta-feira (21), que põe fim a essa cobrança, entre outros itens. O documento agora será ratificado pelo Congresso Nacional.

O presidente do Chile classificou o acordo como “moderno e de última geração”. Segundo ele, o acordo trará muitos benefícios tanto ao povo chileno quanto aos brasileiros.

“Vemos a eliminação do roaming, o que fará com que os cerca de 500 mil brasileiros que vem ao Chile, e os cerca 300 mil chilenos que visitam o Brasil possam se comunicar melhor”, disse Piñera.

No total, o acordo reúne 17 itens. Além do fim da cobrança de roaming internacional entre os dois países, há compromissos em comércio eletrônico, práticas regulatórias, medidas de combate à corrupção, meio ambiente e questões trabalhistas.

Segundo o presidente chileno, o Brasil é o principal parceiro comercial do seu país e o principal também em termos de investimentos.

VIU ISSO?


O acordo entre Brasil e Chile é o primeiro passo para o fim do roaming internacional em 19 países das Américas

Em março deste ano, os líderes assinaram carta de intenção para estruturar ações políticas que visam à inclusão digital. 

A chamada Carta de Buenos Aires tem como meta o fim da tarifa até 2022, principalmente entre regiões que fazem fronteira.

O Minha Operadora entrou em contato com as empresas de telefonia para saber como elas veem o acordo e como irão se adaptar para atendê-lo, no entanto, não recebeu retorno.

A assessoria de imprensa do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil) informou que o órgão não está comentando sobre o tema no momento. 



6 comentários:

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.