Anatel fará reunião com a Oi em 1º de agosto

Os controladores da operadora
terão que apresentar aos conselheiros da Anatel um plano de recuperação judicial.


Representantes
da operadora Oi terão que comparecer a uma reunião em Brasília, no dia 1º de
agosto, para prestar contas aos cinco integrantes do conselho diretor da Anatel
(Agência Nacional de Telecomunicações)
 sobre o plano de recuperação judicial que está em curso.

De acordo com o presidente da
agência, Juarez Quadros, os membros da agência irão questionar sobre a
recuperação judicial e como as campanhas de aumento de capital influenciarão
nisso.

O
interesse principal da Anatel é saber detalhadamente sobre os compromissos do
BNDES, da portuguesa Pharol
– uma das principais acionistas da Oi – e do fundo Societé Mondiale,
em relação a operadora brasileira de telefonia, e como andam as buscas de soluções para a dívida de R$ 63 bilhões que a Oi possui.

Depois de
ser excluída da lista de credores que a operadora possui, a Anatel espera ter
uma posição mais definida por parte da Oi e suas parceiras, mais de um ano
tendo de passado desde que a solicitação judicial foi feita.

As resoluções
tomadas até agora não parecem surtir efeito de satisfação suficiente para a
Agência, que deseja propor outros meios para que a dívida da Oi seja quitada mais
rapidamente.

LEIA TAMBÉM:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários