Gilberto Kassab é o novo ministro das comunicações

Ministério das Comunicações sofreu remanejamento e se tornou Ministério de Ciência, Tecnologia e Comunicações.

O político Gilberto Kassab (PSD) foi escolhido por Michel Temer – presidente interino do Brasil por até seis meses, durante o afastamento da presidente Dilma Rousseff – para ocupar o cargo de ministro das comunicações. Na verdade, o “Ministério das Comunicações” foi fechado por Temer, que o realocou para a pasta de “Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações”, em que Kassab fica como o responsável.

Seu antecessor foi André Figueiredo, que agora volta a ser vereador pelo PDT. Durante o governo Dilma, Figueiredo só passou sete meses a frente do ministério, tendo sido o sucessor de Ricardo Berzoini (janeiro – outubro de 2015) e Paulo Bernardo (janeiro de 2011 – janeiro de 2015), na sequência.

Kassab, 54, já foi prefeito da cidade de São Paulo por duas vezes, sendo uma delas em substituição a José Serra, que saiu da prefeitura para preparar a sua campanha eleitoral para governar o Estado de São Paulo. Na segunda vez, ganhou a eleição municipal no segundo turno, em uma disputa com Marta Suplicy (PT). Foi ministro das cidades no governo Dilma e é presidente do Partido Social Democrático (PSD).

A lista completa dos escolhidos de Temer foi publicada ainda no final da noite desta quinta-feira, 12, numa edição extra Diário Oficial da União. Houve uma redução de 32 para 23 ministérios, e nenhuma representação feminina na política de primeiro escalão, o que desagradou a muitos, que viram a composição do governo como um retrocesso de décadas.

Leia também:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de