InícioNotíciasEm junho, banda larga fixa supera metas estabelecidas pela Anatel

Em junho, banda larga fixa supera metas estabelecidas pela Anatel

Os resultados das medições da banda larga fixa realizadas em junho nos estados de Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo demonstram que as prestadoras do Serviço de Comunicação Multimídia avaliadas alcançaram as metas estabelecidas na regulamentação da Anatel para os indicadores de velocidade instantânea e velocidade média.

O mapa a seguir detalha os resultados do indicador de velocidade instantânea – obrigação de as prestadoras garantirem que a velocidade aferida em pelo menos 95% das medições atinja 20% da velocidade contratada -, alcançados no último mês.
Indicador de velocidade instantânea
No indicador de velocidade média – obrigatoriedade de as prestadoras garantirem que a velocidade média aferida durante o mês atinja no mínimo 60% da velocidade contratada -, foram atingidos os resultados detalhados a seguir.
Indicador de velocidade média
Desenvolvido desde o final de 2012, o projeto de medição da qualidade da banda larga pretende reunir informações para a adoção de medidas que permitam a melhoria progressiva da qualidade do serviço. Na banda larga fixa, são verificadas a velocidade de upload, a velocidade de download, a latência, a variação da latência (ou jitter) e a perda de pacotes. Para as medições, foram escolhidos, por sorteio, voluntários que se inscreveram por meio do site www.brasilbandalarga.com.br.

A partir dos dados registrados pelos medidores (whiteboxes) instalados nos domicílios dos voluntários selecionados, a Anatel também identificou as velocidades médias das conexões banda larga desses usuários nos planos com velocidades de até 2 Mbps e naqueles com velocidades superiores, conforme o mapa abaixo.
Velocidade média das conexões
A partir do próximo mês, a divulgação dos resultados incluirá, também, as operadoras do Rio Grande do Norte e os demais indicadores de rede (latência, variação da latência, perda de pacotes e disponibilidade). A distribuição dos medidores será concluída, em todo o País, até o final de outubro, conforme o mapa abaixo.
Cronograma de distribuição e divulgação da aferição da qualidade da banda larga fixa

Banda larga móvel

As medições da qualidade da banda larga móvel tiveram início no Rio de Janeiro e, até o final de outubro, abrangerão todo o País. Diferentemente do que ocorre na banda larga fixa, para as medições da banda larga móvel não há necessidade de voluntários e são avaliadas a taxa de velocidade média e a taxa de velocidade instantânea.

O mapa abaixo aponta o cronograma de instalação dos medidores e de divulgação dos resultados das medições da banda larga móvel. A partir de agosto serão divulgados os resultados da banda larga móvel (velocidades instantânea e média).
Cronograma de distribuição e divulgação da aferição da qualidade da banda larga móvel

Redação Minha Operadorahttps://plus.google.com/112581444411250449571
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários