Oi transmitiu resultados das eleições em 25 estados

A Oi foi a responsável nas eleições, pela estrutura de telecomunicações na área de concessão da companhia, garantindo que o resultado fosse praticamente conhecido em todo o país às 20h45 de domingo, quando a Justiça Eleitoral já havia concluído a apuração de 97,53% das urnas. Com cerca de 1.600 profissionais envolvidos na operação e manutenção dos sistemas de telecomunicações, a tele garantiu a transmissão de dados e atendeu aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) até o final da apuração.

A companhia inovou este ano ao utilizar um modelo de gerenciamento de rede em que uma equipe de profissionais foi designada exclusivamente para o acompanhamento da rede móvel, fixa e de dados que atendeu aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) em 25 estados, a única exceção é São Paulo, que contou com transmissão da Vivo e Embratel. Essa equipe atuou em oito regionais envolvendo os 25 estados e com suporte do Centro de Gerência de Rede da Oi (CGR), no Rio de Janeiro, de modo a garantir um alto índice de disponibilidade dos serviços contratados.

Além da equipe da Oi, representantes da Anatel receberam boletins periódicos sobre o funcionamento da rede da companhia nas eleições. Não foi registrada nenhuma interrupção dos serviços durante a apuração.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários