Sky prepara satélite exclusivo para o Brasil

O vice presidente executivo e CEO da DirecTV Latin America (dona da Sky no Brasil), Bruce B. Churchill, mencionou a possibilidade da companhia adquirir a GVT da francesa Vivendi, como parte da estratégia de oferecer triple play, embora esta não seja “uma necessidade absoluta”. Churchill falou na conferência Morgan Stanley Technology, Media & Telecom. Ele teria dito que uma compra da empresa por alguém se daria “quando houver um preço razoável, que adicione valor aos acionistas”.

Ele destacou também a construção de três satélites para a região (América Latina), e disse que a DirecTV está em fase final de negociações para o lançamento de um novo satélite para o Brasil. O primeiro satélite deve ser lançado no final deste ano, com capacidade panregional. O segundo será de backup, e não trará capacidade adicional. O terceiro será para uso exclusivo do Brasil e será lançado daqui a três anos. Churchill disse que será acrescentada capacidade para “duas centenas de novos canais”.

O País foi citado como um dos principais mercados para a empresa, mas Churchill disse que há crescimento em todos os países da região, mesmo na Argentina, que já tem taxas de penetração altas. Isso se deve em boa parte aos produtos pré-pagos.
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários