Furto de cabos da Oi causa problemas em Central de Polícia


O furto de cabos de cobre da Operadora Oi causou problemas no atendimento da Central de Polícia de Maceió, localizada no bairro do Jaraguá. Sem comunicação pela internet, o serviço de Boletim de Ocorrência (BO) ficou comprometido desde a madrugada de sábado (23).

Para confeccionar os autos de prisão em flagrante delito e demais procedimentos cartorários, a Polícia Civil utiliza o Sistema de Informação Policial (SISPOL) virtualizado. A ferramenta digital precisa do serviço da operadora para funcionar. Após o furto, a Oi enviou um modem para que os atendimentos não fossem paralisados.

De acordo com o chefe de serviço Edno Gusmão, o serviço está sendo feito, mas de forma lenta. “Normalmente temos quatro atendentes para fazer o Boletim de Ocorrência. Como a Oi mandou apenas um modem, ele está sendo feito somente em um balcão. E muitas vezes o sistema sai do ar, o que prejudica ainda mais o serviço”, explicou.
Segundo os funcionários, o movimento na delegacia ficou mais intenso no início da manhã, quando algumas pessoas chegaram a voltar para casa porque o serviço estava fora do ar.

A reportagem de um jornal local esteve na Central de Polícia no início da tarde deste domingo (24) e acompanhou uma pessoa que iria fazer o BO. O procedimento foi feito, mas logo em seguida o sistema saiu do ar.

Segundo funcionários, este é o terceiro furto de fios de cobre na região desde o ano passado. Eles informaram que a operadora comunicou que o prazo para a solução do problema será até a terça-feira (24).

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários