Anatel quer que teles paguem conta de seu call center

A Anatel quer mandar para as operadoras a conta do seu call center, hoje na casa dos R$ 17 milhões anuais. A agência reguladora tem atendido uma demanda crescente de clientes de operadoras em busca de soluções.

No ano passado, o órgão regulador registrou 6 milhões de queixas. Depois da suspensão do serviço das TIM, Claro e Oi em julho de 2012, o volume saltou 67%, até atingir uma média mensal de 600 mil atendimentos, que, se mantida, levará o número total a 7,2 milhões para 2013.

O call center é terceirizado para a Telco Brasil, que mantém 240 posições de atendimento com mais de 700 funcionários para esse serviço. Muitos consumidores, cansados das conversas intermináveis com os call centers das operadoras já procuram a Anatel diretamente.

Pressionada pela agência, as empresas se coçam. A estimativa é que 95% dos casos atendidos são resolvidos em até cinco dias e 98% são solucionados, embora sem prazo definido. “Não é correto que o contribuinte arque com os custos dos problemas que as próprias operadoras geram”, afirmou ao jornal o presidente da agência, João Rezende.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários