InícioNotíciasQualidade da internet brasileira é insatisfatória, diz Nic.br durante a Campus Party

Qualidade da internet brasileira é insatisfatória, diz Nic.br durante a Campus Party

No ano passado, o Nic.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR) realizou algumas experiências para testar a qualidade da internet brasileira. Com base nesses testes, o palestrante Fabrício Tamusiunas (gerente de projetos do órgão) apresentou a prévia de relatório que mostra como funciona os serviços de rede no país. O resultado final do relatório será apresentado em abril desse ano.

De acordo com o que foi apresentado na palestra Medindo a Qualidade da Internet Brasileira (feita no Palco Arquimedes), boa parte das operadoras de 3G brasileiras apresentam problemas na entrega de serviços para os usuários de internet móvel.

Entre os fatores mensurados na pesquisa o de perda de pacotes de dados por conexão (que se estiver acima de 2% já começa a prejudicar o funcionamento da internet). A maioria das operadoras apresentou valor próximo ou acima desse limite em medições realizadas no mês de dezembro de 2012.

Se o fator medido for latência (tempo em que os dados demoram para serem transferidos), os resultados ainda são piores. Todas as principais operadoras do país apresentaram valor acima de 200 milissegundos (considerado padrão).

Fabrício afirmou que a qualidade do 3G no país passa por diversos fatores: “A qualidade é diferente em diferentes horários no mesmo local. Em outros locais, é complicada o tempo todo”. Ele também disse que resultados mais consolidados poderão ser apresentados no relatório em abril. “Lá poderemos dar uma nota de 0 a 10 para a qualidade da internet no país”.

Em relação aos testes de internet a cabo ou de telefone fixo, a região Norte do país foi a única que apresentou resultados insatisfatórios. No Amapá, o valor de perda de pacotes chegou a 7%. Outros seis estados da região apresentaram valor maior de 2%. Em termos de transferência de dados, o Acre apresentou os piores resultados.

A medição da qualidade da internet foi feita com o Simet, ferramenta online em que os usuários podem consultar a velocidade de rede de seus computadores ou dispositivos móveis. De acordo, novas medições serão feitas em 2013. O Simet Box é um aparelho que realiza testes 24×7 nos computadores. Na Campus Party deste ano, 250 serão distribuídos no estande do órgão.


Redação Minha Operadorahttps://plus.google.com/112581444411250449571
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários