Oi é acusada de sonegar impostos no ES


O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MP-ES) denunciou criminalmente o Grupo Perim, responsável pela rede de supermercados Perim, e a Telemar Norte Leste S/A, responsável pela Oi, pela sonegação total de mais de R$ 300 milhões em impostos. Segundo a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), que atuou nas investigações em parceria com o Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), o montante devido pelo Perim é de mais de R$ 77 milhões, desde 2004, enquanto a Telemar deixou de recolher cerca de R$ 256 milhões. entre 1998 e 2009.

As ações foram movidas pelo Ministério Público no dia 19 de dezembro de 2012, e divulgado nesta quinta-feira (10). A denúncia tramita na 9ª Vara Criminal de Vitória

Em relação à Telemar Norte Leste S/A, a denúncia destaca que o grupo deixou de recolher  o equivalente a R$ 256.802.386,78 em valores a título de crédito tributário. Mas é de grande importância destacar que a sonegação ocorreu de 1998 a 2009. Mesmo assim, de acordo com o Ministério Público, o órgão não vai medir esforços para reaver créditos e combater a sonegação fiscal.

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários