Oi consegue atingir objetivos prometidos à Anatel

O presidente do Grupo Oi, Francisco Valim, afirmou que a companhia tem “conseguido atingir os objetivos” prometidos à Anatel na época da suspensão da venda de chips pelo órgão em julho. Valim lembrou que a Oi já conseguiu reduzir o número de reclamações. Entretanto, observou que é natural que o governo cobre mais investimentos do setor. O problema, explicou, é que esses investimentos precisam ser rentáveis no médio prazo. O presidente da Oi informou que o investimento da empresa em rede neste ano deve ficar entre R$ 4 bilhões e R$ 4,5 bilhões. A cifra inclui investimentos para o lançamento do serviço de TV por assinatura via protocolo de internet (IPTV).

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que participou do lançamento do serviço Oi IPTV, destacou que a novidade apresentada pela Oi é possível devido a um trabalho do ministério e da Anatel, com a elaboração de uma nova lei que permitiu que as teles pudessem fornecer serviços de TV paga.

A Lei 12.485/2011, conhecida como Nova Lei da TV Paga, possibilita que as concessionárias de telefonia utilizem suas redes para fornecer serviços de TV paga. A lei foi aprovada no Congresso Nacional em agosto de 2011 e sancionada em setembro. “O fato de ter tirado as amarras dá oportunidades muito grandes”, disse o ministro.

Questionado por que inicialmente o lançamento foi feito para a zona Sul e Barra da Tijuca, o presidente da Oi afirmou que é possível instalar com mais rapidez o serviço em prédios mais novos. Valim preferiu não dar detalhes do cronograma para o fornecimento da nova tecnologia em outras capitais.

Durante o evento, o ministro Paulo Bernardo destacou que o volume de investimentos das teles em 2012 deve alcançar R$ 24 bilhões, bem acima da média registrada nos últimos dez anos, de R$ 17 bilhões anuais. Em 2011, segundo o ministro, os investimentos alcançaram R$ 21 bilhões. “Em 2013, [os investimentos] devem crescer mais”, estimou Bernardo.

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários