InícioNotíciasGVT lança nova conexão com velocidade de 25 Mbps

GVT lança nova conexão com velocidade de 25 Mbps

A GVT está à venda, mas isso não impediu que a operadora fizesse uma pequena reestruturação nos seus planos de conexão banda larga. Ela se prepara para oferecer a partir de janeiro a nova velocidade de 25 Mbps, que deve preencher o limbo existente entre a velocidade de 15 Mbps e 35 Mbps. A velocidade aparece no portal para os clientes da operadora e já tem seu preço: R$ 94,90.

É um preço que não faz muito sentido, já que a velocidade de 35 Mbps custa apenas cinco reais a mais.* O ruim é que esse preço é apenas para clientes que assinarem também o serviço de telefonia fixa, que é bem caro: o plano menos custoso sai por R$ 49 e tem apenas 100 minutos em ligações locais para outros telefones fixos. No combo de triple play (TV, telefone e banda larga) o valor fica bem mais interessante: o preço da banda larga cai para R$ 69,90.
O valor cobrado pela GVT fica interessante quando comparado com outras operadoras. 20 Mbps saem por R$ 179,90 no Net Virtua, este valor cai quando contratado no combo. Ainda assim, a GVT oferece o combo mais simples de televisão por assinatura combinada com telefone e conexão de 25 Mbps por R$ 169,90 mensais.

Para entregar tal conexão eles usam tecnologia VDSL2, evolução do padrão mais fácil de ser encontrado ADSL. É necessário pagar taxa de instalação de R$ 99,90 mesmo para quem já é cliente da operadora. O técnico vai até o armário do bairro e à residência para trocar o modem que possibilita o acesso.

O modem Power Box suporta ADSL e VDSL, tem transmissão por Wi-Fi embutida e também serve para entregar o sinal da televisão por assinatura. São muitos atributos, mas este continua sendo o pior modem que já usei: o consumidor deve recorrer a métodos de desbloqueio caso queira usá-lo em modo bridge. Ele também não suporta muitas conexões simultâneas mesmo quando o computador fica conectado por Ethernet. Ou seja, a presença de roteador é praticamente indispensável.

Vale lembrar que a operadora deve iniciar sua operação comercial em São Paulo para clientes residenciais em 2013. Confira a visita do nosso editor Rafael Silva à sede da GVT em Curitiba.

*A velocidade de 25 Mbps pode ser uma solução para quem quer velocidades maiores do que 15 Mbps mas não possui viabilidade técnica para 35 Mbps. Atualmente, a GVT não instala a conexão de 35 Mbps para quem mora em uma distância superior a 800 metros. Como uma velocidade menor pode chegar a uma distância maior, é possível que essa velocidade beneficie alguns clientes.

Redação Minha Operadora
O mais acessado site de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil. Mais de 17 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas vistas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários