InícioNotíciasCampanha da Vivo contra trabalho infantil impacta mais de 25 milhões de...

Campanha da Vivo contra trabalho infantil impacta mais de 25 milhões de pessoas

A campanha colaborativa “É da Nossa Conta! Trabalho Infantil e Adolescente”, criada pela Fundação Telefônica|Vivo em parceria com o Fundo das Nações Unidas para Infância e Adolescência(Unicef) e a Organização Internacional do Trabalho(OIT), encerra o ano com importantes conquistas na luta pela erradicação do trabalho de crianças e jovens em todo o país. Durante quatro meses, a campanha impactou mais de 25 milhões de pessoas em todo o Brasil e em outros países, como EUA, Argentina, Portugal e Angola.

A internet foi o principal meio de divulgação da campanha, com o compartilhamento de vídeos e informações, o estímulo ao debate sobre o tema e a realização de fóruns nas redes sociais. Mais de 700 mil pessoas foram mobilizadas em 18 fóruns promovidos nas fanpages, enquanto 170 mil internautas curtiram a página da Rede Promenino (portal de notícias e rede social da Fundação Vivo que discute o tema do trabalho infantil e adolescente) no Facebook. “É da Nossa Conta!” realizou ainda intervenções urbanas em sete capitais brasileiras, sensibilizando mais de 350 mil pessoas em ações que consistiam em caminhadas, distribuição de materiais de campanhas e orientação de comerciantes nos grandes centros.

A embaixadora do Unicef, Daniela Mercury, e o fundador e coordenador geral da ONG Doutores da Alegria, Wellington Nogueira, se engajaram na campanha e gravaram vídeos que estão sendo veiculados nas mídias sociais. Uma edição especial do gibi Turma da Mônica sobre a temática foi criada para alertar a sociedade sobre as formas de trabalho infantil e os direitos da criança. Com uma linguagem simples e utilizando personagens conhecidos do público, a história apresenta as formas mais comuns de exploração do trabalho infantil e ensina os jovens a lidar com essa situação. No total, foram distribuídos 400 mil gibis acompanhados de kits da campanha em escolas, ONGs, bibliotecas públicas e encartada junto à edição de novembro da revista da Magali.

Para marcar o encerramento da campanha, a Fundação Vivo participou de uma Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, liderada pelo deputado estadual Carlos Bezerra Jr., vice-presidente da Comissão Estadual dos Direitos Humanos e líder de seu partido no Legislativo paulista.

Segundo dados da PNAD/IBGE, 3,6 milhões de crianças e adolescentes ainda são vítimas do trabalho infantil no Brasil. A situação é mais grave nas regiões Norte e Nordeste, que concentram dois milhões dessas crianças.


Redação Minha Operadorahttps://plus.google.com/112581444411250449571
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários