Oi inicia instalação de internet em orelhões

A Oi anuncia nessa semana a instalação do primeiro orelhão com conexão por Wi-Fi. Dessa forma, a tele dá o pontá inicial num programa piloto em Floripa, capital de Santa Catarina, para testar a receptividade da nova função para um equipamento que parecia com os dias contados. Inicialmente, não cobrarão absolutamente nada pelo acesso à internet a partir dos equipamentos.

Clientes da Oi e transeuntes têm direito à navegação ilimitada em termos de tráfego de dados e livre de publicidade. Cada conexão tem limite de 2 Mbps, mais do que aceitável para o uso que eles esperam dos orelhões. “A velocidade é limitada a 2 Mbps por usuário para garantir a qualidade da conexão para todos.”

Os orelhões com Wi-Fi não sofrem modificação. Como os telefones públicos de Florianópolis são alimentados por energia elétrica, a Oi optou por instalar um access point padrão de mercado na cabine do aparelho. Cada hotspot garante cobertura num raio de 50 metros.

Por trás da conectividade está a rede de dados da operadora na cidade. Um representante da Oi explicou que os orelhões ficam conectados por meio de ADSL+, um formato de DSL capaz de transmitir até 24 Mbps em downstream e 1 Mbps em upstream.

O primeiro orelhão fica no Largo da Catedral. A Oi planeja ter 30 orelhões com Wi-Fi instalados em Florianópolis até o fim do ano que vem. A partir dos primeiros testes vão definir a viabilidade de levar o projeto para outras cidades. “Esse período é fundamental para o entendimento da demanda e para a garantia de um serviço de qualidade para a população”, informa a companhia em nota.

Telefones públicos rendem taxas municipais de uso do mobiliário urbano aos cofres da prefeitura.

Nessa semana publicamos um artigo interessantíssimo intitulado “Entenda como as operadoras vão usar o precioso Wi-Fi”, em que ele explica a importância do Wi-Fi para desafogar as demais redes celulares de dados. Conforme dito no texto, a Oi aposta forte nesse tipo de conexão. O aplicativo para conectar automaticamente smartphones e tablets ao Oi Wi-Fi funcionará também com os orelhões compatíveis. Eles têm que rodar Android ou iOS.

Rio de Janeiro


Também nessa semana a mesma operadora, a Oi, informou que algumas bancas de jornal na orla do Rio de Janeiro receberão hotspots Wi-Fi. Os novos roteadores se juntam à rede Oi Wi-Fi, que conta com mais de 10 mil pontos de acesso Wi-Fi no país.

A Anatel divulgou relatório em que considera viável o uso dos orelhões como hotspots de conexão Wi-Fi, também permitem utilizar o mobiliário do orelhão para publicidade e consideram o fim do cartão magnético.

A prefeitura do Rio mandou desinstalar orelhões Wi-Fi da cidade maravilhosa por considerá-los “feios”.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários