TIM deve indenizar cliente que teve os dados telefônicos divulgados

A TIM Celular deve pagar R$ 8 mil a cliente que teve os números de telefones móveis divulgados à Polícia Federal (PF) sem autorização judicial. A decisão é da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).
Em 2001, a Divisão de Repressão ao Crime Organizado da PF enviou ofício à empresa solicitando os números dos celulares do usuário e de familiares. Sem que fosse expedida qualquer ordem da Justiça, a operadora atendeu ao pedido.
O cliente alegou que teve o sigilo de dados violado pela companhia telefônica e ingressou, em agosto de 2002, com ação na Justiça requerendo indenização por danos morais. Na contestação, a empresa defendeu ter agido legalmente e sustentou que informar os números do cliente não configura quebra do sigilo. 
Em fevereiro de 2010, a TIM foi condenada ao pagamento de R$ 20 mil, mas ingressou com apelação. O valor da condenação foi reduzido para R$ 8 mil.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários