TIM cresceu e Claro encolheu no mês passado

A Anatel liberou os dados relativos à telefonia móvel no país. No mês de julho esses dados refletiram bem a proibição de vendas de chips das operadoras: elas conseguiram vender apenas 279 mil linhas. Já em agosto, elas parecem ter recuperado o fôlego ao vender 1,49 mil novas linhas de acesso móvel. E a TIM foi a que mais conseguiu vendê-las.

No mês de agosto, a TIM vendeu 723 mil novas linhas, compensando a perda de 201 mil clientes no mês de julho. A segunda com mais vendas foi a Vivo, com 305 mil novas linhas registradas pela Anatel. A Oi, que perdeu 110 mil acessos em julho conseguiu vender 307 mil novas linhas no mês passado. A Claro continua com poucas vendas vistas em julho: apenas 146 mil novos acessos foram registrados.

As que mais perderam espaço foram a Claro e a Vivo, que viram suas fatias diminuírem 0,09% e 0,05%, respectivamente. Ainda assim, o cenário de participação de mercado não mudou: a Vivo continua liderando com 29,66% de participação, seguido da TIM, Claro e Oi, com 26,91%, 24,51% e 18,60%, respectivamente.

Ao todo, as operadoras habilitaram mais de 1,49 milhão de novos acessos no mês de agosto, o que coloca o total de acessos móveis no Brasil na casa dos 257 milhões.

Os terminais com tecnologia de acesso 3G, o que inclui não só celulares como modems 3G também, totalizam 56 milhões de acessos. E para um país em que o total de acessos móveis é 257 milhões, esse número ainda representa uma parcela pequena do total, o que não quer dizer que não seja o suficiente para engasgar a rede de algumas das operadoras brasileiras.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários