TIM tem prejuízo até nos estados onde está liberada

Mesmo com a autorização da Anatel de manter as vendas em São Paulo, funcionários da operadora TIM reclamam da baixa procura por chips na região central da capital. 
Vendedores ouvidos pela reportagem afirmam que possíveis compradores ficam “com o pé atrás” quando um chip é oferecido e muitos protestam dizendo que a venda está proibida.
O preço do chip chega a ser 50% menor que o valor médio cobrado antes, de R$ 10. 
A TIM ainda enfrenta concorrência dos vendedores não autorizados, que vestem uniformes não fornecidos pela empresa e vendem unidades para habilitação fornecidos “por um amigo” por cerca de R$ 4. 
A operadora foi a mais castigada pela Anatel ao ser proibida de comercializar planos novos em 19 Estados.
Procurada para afirmar a queda nas vendas em São Paulo, a TIM não respondeu até a publicação desta reportagem.
Os chips da Claro, operadora proibida de negociar chips e internet em Santa Catarina, Sergipe e São Paulo, sumiram tanto das prateleiras dos pontos de venda autorizados quanto das mãos dos ambulantes em São Paulo.
A vendedora de produtos da empresa em São Paulo, Marília Martins, indica o aviso oficial da operadora “pregado” no estabelecimento.
– “Não vendemos chips até segunda ordem. Só aparelhos.”
Lotéricas e outros pontos autorizados da Claro já interromperam os pedidos de fornecimento de chips, que sobram nos estoques.
Caso descumpram a medida da agência, as operadoras de telefonia celular ficam sujeitas a multa de R$ 200 mil por dia.
Funcionários da empresa contam que dias antes da proibição de comercialização imposta pela Anatel, os chips da Claro podiam ser encontrados por R$ 1 no centro de São Paulo. Hoje, no entanto, os ambulantes oferecem apenas unidades da Oi e TIM.
A Oi está vetada em cinco Estados: Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Roraima e Rio Grande do Sul.

A Vivo está liberada  a vender normalmente por ter um nível de qualidade um pouco melhor que as demais segundo índices medidos pela Anatel.


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários