InícioNotíciasJustiça proíbe operadora Claro de instalar novas antenas de celular em SP

Justiça proíbe operadora Claro de instalar novas antenas de celular em SP

Empresa tem 749 antenas irregulares, segundo levantamentos da prefeitura da cidade

Antenas






























O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) proibiu a operadora de telefonia móvel Claro de instalar novas antenas de celular na capital paulista. Caso descumpra a decisão, a empresa terá que pagar multa diária de R$10.000 por cada construção. O pedido foi feito pela PGM (Procuradoria Geral do Município), sob o argumento de que a empresa (assim como outras duas) possui antenas instaladas clandestinamente em locais inapropriados e sem licença de funcionamento.

De acordo com a PGM, a decisão de entrar na Justiça foi tomada depois do acúmulo de centenas de processos administrativos instaurados e também “por causa do desrespeito contínuo mesmo após as multas administrativas terem sido corrigidas de R$ 6.000 para R$ 100 mil reais em 2010”.

A Lei 13.756 de 2004, que dispõe sobre a instalação de antenas no município de São Paulo, concedeu prazo de um ano para que operadoras regularizassem seus equipamentos. Depois , esse prazo foi prorrogado por mais seis meses. A prefeitura informou que , as operadoras não regularizaram as antenas e , ainda, instalaram muitas outras sem a devida licença municipal.

Com base nos levantamentos da prefeitura, a Claro tem 978 antenas, das quais 749 são irregulares (75,6%). De acordo com a PGM, também serão propostas ações contra outras operadoras que não estiverem cumprindo a legislação. 

Por meio de nota, a Claro afirmou que ainda não foi notificada formalmente sobre a decisão judicial.


Redação Minha Operadorahttps://plus.google.com/112581444411250449571
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários