[ESPECIAL VIVO] A Telefônica agora é Vivo toda


A Telefônica finalmente concluiu o processo – que consumiu 18 meses de trabalho – de integração de equipes e transformação da empresa e está lançando hoje a marca Vivo, já líder brasileira em telefonia móvel, como marca nacional também dos melhores serviços em telefonia fixa, internet e TV por assinatura.

“Este é um momento histórico na trajetória de mais de 13 anos de atuação da Telefônica no Brasil. O País se tornou, nesse período, o maior mercado da empresa no mundo: acabamos de ultrapassar os 90 milhões de acessos. É a maior quantidade de clientes entre os 25 países onde atuamos. Já somos, além disso, a maior empresa de telecomunicações do Brasil, em receitas e número de clientes”, diz Antonio Carlos Valente, presidente da Telefônica|Vivo.

Entre 1998 e 2011, a Telefônica investiu no Brasil R$ 102,9 bilhões em aquisição de ativos (participações em empresas e licenças) e outros R$ 62,9 bilhões (CAPEX) em ampliação e modernização das redes destas empresas e inovação em produtos e serviços. A previsão de investimentos da empresa no País para o período 2011-2014 é de outros R$ 24,3 bilhões.

“O lançamento da marca nacional Vivo é o auge de toda esta crença no Brasil, materializada não apenas em investimentos, mas também em pessoas, apenas em empregados diretos somos mais de 106 mil no País, o maior contingente do Grupo Telefônica entre as nações onde ele está presente”, comenta Valente. “Estamos apresentando uma nova Vivo nacional, com ofertas de serviços móvel, fixo, de dados e de TV por assinatura. Trabalhamos nos últimos dezoito meses para oferecer a melhor qualidade e o portfólio mais completo de serviços ao cliente”, acrescenta Valente.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários