TIM e Vivo se alternam na liderança em adições líquidas

O Brasil voltou a apresentar um crescimento recorde do celular em fevereiro, com adições líquidas de 2,44 milhões de celulares, superando por pequena margem as adições líquidas de Fev/11 (2,42 milhões). A Vivo liderou em adições líquidas em Fev/12 (1.032 mil), seguida pela TIM (791 mil), Oi (310 mil) e Claro (305 mil).

As adições líquidas de fevereiro confirmam as tendências observadas nos últimos seis meses:

Vivo e TIM se alternam na liderança em adições líquidas com uma participação mensal (share) superior a 25%.
Claro e Oi se alternam na 3ª e 4ª colocação em adições líquidas com um share menor que 25% cada.


O resultado desta evolução é que Vivo e TIM acumularam 7,7 milhões de celulares nos últimos seis meses, enquanto Claro e Oi acumularam 4,3 e 3,9 milhões respectivamente neste período.



A Vivo liderou em quatro dos últimos seis meses e a TIM em dois.




Este quadro é determinado principalmente pelas adições líquidas no segmento pré-pago que apresentou nos últimos seis meses uma distribuição das adições líquidas entre as operadoras semelhante à apresentada para o total de celulares.



A disputa entre Vivo e TIM pela liderança em market share de pré-pago tem estimulado o crescimento das adições líquidas destas duas operadoras. A vantagem da Vivo em relação à TIM, que havia caído para 660 mil celulares em dezembro de 2011, subiu para 1,1 milhão em fevereiro.





No segmento pós-pago a disputa está mais embolada, com Claro, Oi e TIM se alternando na 2ª colocação em adições líquidas nos últimos três meses.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários