Celulares para pagar e sacar

Uma crescente frente de negócio das empresas de cartões no mundo é transformar o celular em meio de pagamento. Bancos, bandeiras, credenciadoras e operadoras de telefonia ampliaram os investimentos na área e criaram empresas específicas para o segmento.

A Cielo, por exemplo, fez uma joint-venture com a operadora OI para desenvolver soluções de pagamento móvel e lançou no final de 2011 um cartão no celular em parceria com o Banco do Brasil. O Bradesco também quer uma fatia desse mercado e fechou acordo com a Claro. Já a bandeira americana MasterCard fez uma parceria com a Telefônica e criou no ano passado uma joint-venture para operar nessa frente.

A Visa, maior bandeira do mundo, já testou o pagamento por celular em diversos países e criou o aplicativo VisapayWave, que é inserido no chip do telefone para viabilizar pagamentos. O presidente da empresa no Brasil, Rubén Osta, avalia que o celular será útil principalmente em pagamentos de menor valor, para, por exemplo, reduzir filas em lojas de refeição rápida.

Lá fora, a Visa e a Samsung fecharam uma parceria para que os celulares da fabricante coreana sejam usados como meio de pagamento nas Olimpíadas de Londres deste ano.

O Brasil tem 245 milhões de celulares, montante que supera o número de contas correntes e de cartões de crédito, por isso o interesse do mercado em desenvolver esse setor. Uma pesquisa dados da Febraban, por exemplo, revelou que existem 141 milhões de contas ativas no Brasil.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários