Os números da cobertura 3G no país

Com forte impulso da Vivo, que levou o serviço de Terceira Geração para 2516 municípios e com a reação da Claro e da TIM, o 3G teve, em 2011, o seu principal ano de expansão desde que foi lançado no país em 2008. Ainda assim o serviço segue fortemente concentrado na região Sudeste e nas áreas de maior poder aquisitivo. No mapa atual, de acordo com os dados do portal Teleco, 2935 localidades seguem sem cobertura.


Conforme o apurado pelo portal Teleco, a 3G está presente em 2625 dos 5560 municípios do país. A Vivo responde por 2516 localidades, sendo que, em 2011, levou o serviço para 1350 novos municípios. Claro e TIM também deram uma forte arrancada no ano passado, mas seguem bem distantes da rival, controlada pela Telefônica. 


A Claro chegou a 657 municípios com 3G, sendo que o serviço chegou a 255 novas localidades no ano passado. O fato com relação à 3G é que em 2010, por exemplo, a operadora, controlada pelo mexicano Carlos Slim, não fez qualquer investimento em cobertura.


A TIM também apostou forte em 3G e chegou a 391 municípios, adicionando 196 localidades em 2011. Nessa disputa pelo serviço 3G, a Oi – que já declarou que o Wi-Fi será o seu ativo estratégico – foi a tele que menos investiu em 3G. Ampliou a sua cobertura em apenas 39 localidades ao longo de 2011, chegando a apenas 250 municípios.


Na área de serviços, a TIM, em novembro, de acordo com os dados do Teleco, liderou o mercado de adições líquidas em banda larga móvel – acesso via modem – com 106 mil. A Vivo ficou em segundo lugar com 89 mil terminais. No total, o Brasil encerrou novembro com 7,7 milhões de terminais de dados ativos. 


Já em acessos via terminais 3G – que ainda representam apenas 16% da base de celulares ativos no país – a Vivo ficou com 682 mil das 937 mil adições líquidas. A Claro que é a tele que lidera o mercado de acesso à Internet via celular, com 43,2%, não teve um bom mês – apresentou adições líquidas negativas, ou menos 36 mil.


Em dezembro do ano passado, o balanço Huawei/Teleco constatou que a oferta do serviço 3G no Brasil está extremamente concentrada nas áreas de maior poder econômico – São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre – e ainda assim apenas nas áreas urbanas, o que significa que as regiões metropolitanas sofrem ainda com a baixa cobertura. 


Nas localidades menores, o serviço – onde existe – é ofertado por apenas uma única operadora, sem qualquer disputa pela preferência do assinante. E, apesar do incremento constatado na cobertura 3G no país, 2935 localidades seguem fora do mapa das operadoras, o que significa que pelo menos 40 milhões de brasileiros não têm acesso ao serviço.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários