Disputa entre patrocinadores impede Ronaldo de tuitar sobre Copa de 2014


No dia 1º de dezembro, o ex-jogador Ronaldo anunciou com um post no Twitter que assumira um cargo no Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014. Em seu perfil na rede social, ele agradeceu o apoio de seus fãs e avisou que o seu microblog seria a principal fonte de informações sobre seu trabalho na organização do Mundial que acontecerá no Brasil. “Nosso canal de comunicação esta aberto. Por mais q nao consiga falar com todos, espero as opiniões de vcs por aqui!”, tuitou Ronaldo.

Quase dois meses depois, nota-se que o tal canal de comunicação não está tão aberto assim. Ele é, na verdade, muito restrito principalmente quando o assunto é Copa do Mundo. Tudo isso devido a conflitos entre patrocinadores pessoais de Ronaldo e empresas parceiras da Fifa no Mundial de 2014.

O perfil do Twitter de Ronaldo, o @claroronaldo, é patrocinado pela operadora de telefonia Claro. A Claro é concorrente direta da Oi no mercado de celulares brasileiro. Já a Oi, por sua vez, é patrocinadora oficial da Copa do Mundo do Brasil e fornecedora exclusiva dos serviços de telecomunicação do Mundial.

Devido a esse conflito de interesses, Ronaldo não posta nada relacionado à Copa em seu Twitter. Desde o dia em que entrou oficialmente para o Comitê Organizador Local, por exemplo, a única Copa citada pelo ex-jogador na rede social é a Copa do Rei, lá da Espanha.

Nesta semana, enquanto inspecionava as obras para o Mundial em Fortaleza e Salvador, junto com o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, Ronaldo não postou nenhum comentário sobre o que viu nos dois dias de viagem. O ex-jogador parabenizou o ex-boxeador Muhammad Ali por seu aniversário, comentou a contratação do piloto Bruno Senna pela Williams e chegou até trocar algumas palavras com um dos seus 2,7 milhões de seguidores. Sobre a Copa, porém, ele não tuitou nenhuma palavra.

A Claro confirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que existem restrições para o Twitter de Ronaldo relacionadas à Copa. A operadora informou também que respeita os direitos de patrocínio da Oi.

O Uol Esporte apurou que o contrato de Ronaldo com a Claro e com o comitê da Copa não contém nenhuma norma explícita sobre o uso do Twitter pelo ex-jogador. O silêncio de Ronaldo sobre o Mundial faz parte de “um acordo de cavalheiros” que ele mantém com seus patrocinadores pessoais e os dirigentes da Fifa.

A disputa entre patrocinadores envolvendo o ex-jogador também não envolve só empresas de telefonia. Ronaldo é patrocinado pelo Guaraná Antártica, que é concorrente da Coca-Cola, patrocinadora oficial do Mundial. Ele também trabalha com a Procter & Gamble e a Hypermarcas, companhias que disputam mercado com Johnson & Johnson, outra parceira da Copa.

Na entrevista coletiva que Ronaldo concedeu quando assumiu oficialmente o cargo no comitê da Copa, ele foi questionado sobre possíveis problemas entre esses patrocinadores. À época, o ex-jogador negou qualquer conflito. “Não tem nenhum tipo de conflito de interesse”, afirmou.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários