InícioNotíciasTV por Assinatura cresce 7,03% no terceiro trimestre

TV por Assinatura cresce 7,03% no terceiro trimestre

Com 258,5 mil novos assinantes, o Brasil chegou a setembro de 2011 com quase 11,9 milhões de domicílios atendidos com TV por Assinatura. No ano, foram 2,1 milhões de novos assinantes, o que representa um crescimento de mais de 21,7%.


O crescimento observado em setembro representa uma evolução de 2,2% em relação à base de assinantes do mês de agosto e 7,03% em relação ao segundo trimestre de 2011.
Considerando-se o número médio de pessoas por domicílio divulgado pelo IBGE (3,3 pessoas)¹, os serviços de TV por Assinatura alcançaram mais de 39,2 milhões de brasileiros. A tabela abaixo demonstra as adições líquidas nos nove meses de 2011 e em setembro:

Crescimento da TV por Assinatura

Ano Total de Assinantes De janeiro a dezembro Crescimento anual (%) Crescimento
absoluto no mês de setembro
Crescimento percentual no mês de setembro
2006 4.583.125 406.767 9,70% 38.953 0,75%
2007 5.348.571 765.446 16,70% 60,361 1,18%
2008 6.320.852 972.281 18,18% 94.676 1,57%
2009 7.473.476 1.152.624 18,24% 85.086 1,21%
2010 9.768.993 2.295.517 30,72% 224.749 2,54%
2011 (até setembro)  11.888.627 258.519 2,22%



Os serviços de TV por Assinatura são prestados através de sinais codificados por diferentes tecnologias: por meios físicos (Cabo – TVC), por micro-ondas (Distribuição de Sinais Multiponto Multicanais – MMDS), por satélite (Distribuição de Sinais de Televisão e de Áudio por Assinatura via Satélite – DTH) e por utilização de canais de espectro radioelétrico (Serviço Especial de Televisão por Assinatura – TVA-UHF).
Em setembro de 2011, os serviços prestados via satélite cresceram 3,6%, contra um crescimento de 5,0% registrado no mês anterior. O número de assinantes que recebe os serviços via cabo cresceu quase 0,8% em setembro, desempenho inferior ao crescimento de 1,0% registrado em agosto. As prestadoras de MMDS, por sua vez, perderam 2,3% de sua base de assinantes no mesmo período.²
Crescimento percentual de TV porAssinatura por tecnologia


Os serviços DTH continuam em expansão, o que resulta na ampliação da participação dos serviços prestados via satélite no mercado de TV por Assinatura. A participação do DTH atingiu 52,7% da base e a participação dos serviços a cabo representam 45,1% dos assinantes. No final de 2010, no mês de dezembro, os serviços DTH representavam 45,8% do mercado nacional e os serviços prestados via cabo possuíam 51% de market share.
Participação de cada tecnologia no setor de TV por Assinatura


Penetração dos Serviços de TV por Assinatura

Em setembro de 2011, os serviços de TV por Assinatura estavam presentes em 19,8 de cada 100 domicílios no país, de acordo com estimativas da Agência, a partir das informações de número de domicílios divulgadas pelo IBGE ³. A Região Sudeste apresentou densidade de 29,0% de domicílios com TV por Assinatura.
Densidade do serviço de TV por Assinatura, por região do Brasil


Entre as Unidades da Federação, destacam-se o Distrito Federal e os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Amazonas, por terem registrado desempenho acima da média nacional quanto à densidade dos serviços de TV por Assinatura.
Densidade dos serviços de TV por Assinatura, por unidade da federação


Seguindo a tendência observada desde 2010, as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste cresceram acima da média nacional nos últimos 12 meses. As regiões Sul e Sudeste apresentaram crescimento inferior à média nacional.

Crescimento da penetração por região

Região setembro de 2010 setembro de 2011 Crescimento percentual
Nordeste 850.727 1.312.041 54,2%
Norte 311.651 456.794 46,6%
Centro-oeste 538.750 718.594 33,4%
Sudeste 5.966.934 7.675.945 28,6%
Sul 1.405.755 1.725.253 22,7%
Brasil 9.073.817 11.888.627 31,0%
Crescimento da penetração por Unidade da Federação

Unidade da Federação setembro de 2010 setembro de 2011 Crescimento percentual
Piauí 23.248 41.344 77,84%
Bahia 234.933 400.425 70,44%
Pará 83.735 142.589 70,29%
Tocantins 12.594 20.751 64,77%
Ceará 134.164 215.125 60,34%
Acre 10.189 16.236 59,35%
Pernambuco 125.714 200.056 59,14%
Rondônia 27.359 43.422 58,71%
Mato Grosso 59.635 93.532 56,84%
Maranhão 67.872 101.269 49,21%
Mato Grosso do Sul 71.700 104.795 46,16%
Paraíba 65.711 92.976 41,49%
Sergipe 39.707 55.120 38,82%
Roraima 14.707 20.032 36,21%
Rio Grande do Norte 92.773 125.173 34,92%
Espírito Santo 122.036 163.274 33,79%
Goiás 171.197 224.609 31,20%
Amazonas 141.851 185.981 31,11%
São Paulo 3.671.866 4.813.959 31,10%
Amapá 21.216 27.783 30,95%
Santa Catarina 331.308 421.037 27,08%
Distrito Federal 236.218 295.658 25,16%
Rio de Janeiro 1.374.184 1.714.703 24,78%
Minas Gerais 798.848 984.009 23,18%
Rio Grande do Sul 634.430 779.072 22,80%
Alagoas 66.605 80.553 20,94%
Piauí 23.248 41.344 77,84%




¹ O número médio de 3,3 pessoas por domicílio no Brasil é informado pelo IBGE na Síntese de Indicadores Sociais – 2010 – Tabela 3.1, disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/indicadoresminimos/sinteseindicsociais2010/SIS_2010.pdf
² Não foram considerados o Serviço Especial de Televisão por Assinatura (TVA – UHF).
³ O indicador “Densidade dos serviços de TV por Assinatura” é a relação percentual entre o número de assinantes e o número de domicílios estimado a partir dos dados publicados pelo IBGE, em sua Síntese de Indicadores Sociais.
Redação Minha Operadorahttps://plus.google.com/112581444411250449571
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
CONTEUDO RELACIONADO
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

MAIS POPULARES