OI começa a ressarcir clientes cearenses

Nesta semana, os clientes da operadora de telefonia móvel OI começaram a ser ressarcidos dos prejuízos que tiveram nos dias 26 e 27 de maio deste ano, quando os serviços da companhia passaram 6h inacessíveis. A decisão faz parte de uma lista de obrigações acordada pela empresa e os órgãos de defesa do consumidor capitaneadas pelo Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor, o Decon-CE, no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado na tarde de ontem.

Do último dia 11 até amanhã, os clientes de planos pré-pagos da operadora terão R$ 5 adicionados aos seus créditos válidos, e não ao bônus.

Ao todo, serão aproximadamente R$ 11,7 milhões aplicados nos 2.347.807 chips contemplados pela decisão judicial, os quais estavam em funcionamento até o dia 31 de maio de 2011, de acordo com o balanço feito pelo Decon-CE com dados da operadora. Já os 117.568 clientes pós-pagos da OI terão 12h a mais nos serviços contratados da operadora durante o mês de outubro, o que representa, segundo as informações expressas no TAC, cerca de R$ 393 mil.

Uma indenização ainda será paga, agora, pela empresa, no valor de R$ 100 mil, o qual será dividido entre os fundos estadual (R$ 70 mil) e municipal (R$ 30 mil) de direitos difusos.



Dessa vez a Oi não quis se pronunciar sobre o assunto.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários