Banda larga é foco dos investimentos das teles

Depois de quase dez anos investindo pesado em serviços de voz, grandes operadoras de telecomunicações que atuam no Brasil voltam suas atenções para o mercado de banda larga anunciando grandes aportes, e apoiado nos investimentos do governo federal e crescimento da classe C, que somaram, só em agosto, 78 milhões de pessoas conectadas a grande rede. Exemplo disso, a operadora Claro, do megaempresário mexicano Carlos Slim, anunciou investimentos na casa de R$ 10 bilhões no Brasil até 2012 aporte que abrange a soma dos recursos da operadora na Embratel e na Net, empresas do América Móvil.

A Telefônica, a Oi (ex-Telemar) e a GVT (Vivendi) também têm Internet como principal foco de investimentos para os próximos anos. Os espanhóis preveem 25% de crescimento em suas receitas com banda larga até 2013, além de parceria com a Oi na compra de conteúdo nacional para programação de TV por Assinatura, segmento no qual a GVT vai investir R$ 650 milhões.


De acordo com Márcio Nunes, diretor de Plataformas e de Rede da Claro, cerca de R$ 1,92 bilhão será investido ainda até o final de 2011, não só em ampliação da estrutura, mas também na preparação de uma nova rede para serviços de dados. “Temos registrado grande avanço nesta área, e, espera-se, crescerá ainda mais”, comenta Nunes.

Já o presidente da Andrade Gutierrez Telecomunicações, controlada pela Oi, Otávio Marques Azevedo, propôs ao concorrente Antonio Valente a compra conjunta de conteúdo para atender ao PL 116, que vai permitir às teles que entrem no mercado de TV a cabo. Segundo Azevedo, o jogo da competição na TV paga começa não só entre operadores, mas com outros players, como o Netflix.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários